MENU
logo-amazonasum

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Aleam se empenha em distribuir títulos de cidadania amazonense

No ano passado, 35 projetos de Leis que concedem títulos amazonense foram apresentados na Assembleia Legislativa
Beatriz Araújo
• Publicado em 03 de junho de 2021 – 05:00
Foto: Divulgação Aleam

MANAUS, AM – Após o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) receber o título de cidadão amazonense em abril, a Assembleia Legislativa do Estado Amazonas entregou mais de cinco cidadanias amazonenses a figuras da economia, política e até mesmo da aviação. Totalizando assim o mês que a Casa Legislativa mais distribuiu títulos amazonenses no ano de 2021.

No ano passado, 35 projetos de Leis que concedem títulos amazonense foram apresentados na Assembleia Legislativa, de acordo com levantamento feito pelo Portal AM 1 no Sistema de Apoio ao Processo Legislativo da Aleam.

No mês de maio deste ano, a honraria foi concedida ao presidente da Câmara Municipal de Presidente Figueiredo, Marcos Antônio Nascimento (PSB), o piloto de aviação Fábner Louzada Depizzol, de Eunápolis (BA), ex-comandante da 12ª Região Militar/CMA Carlos Alberto Mansur, do Rio de Janeiro, o economista e empresário Nelson Azevedo, vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam) e o secretário da Fazenda do Amazonas (Sefaz), Alex Del Giglio.

Segundo o regimento interno da Casa, o Título de Cidadão do Amazonas tem como finalidade homenagear personalidades que tenham prestado relevantes serviços ao Estado e ao Povo, em qualquer campo de atividade.

Leia mais: Falta dos deputados na Aleam vira motivo de crítica na Casa

Futuros títulos

Outros nomes que também devem receber o título de cidadão amazonense é o cantor Gusttavo Lima e os humoristas Whindersson Nunes e Tirullipa. Os nomes foram apresentados pelo deputado estadual Cabo Maciel (PSL), que segundo justificou a proposta devido aos recursos financeiros enviados ao estado durante a pandemia.

A deputada estadual Nejmi Azziz também propôs que o título fosse concedido ao ator, humorista, diretor, roteirista e apresentador brasileiro, Paulo Gustavo (in memorian) como agradecimento e retribuição aos serviços de solidariedade prestados à sociedade amazonense, durante a segunda onda da Covid-19.

Além dos artistas. O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto também receberá a honraria, os autores da proposta foram os deputados Delegado Péricles (PSL) e Saulo Vianna (PTB).

Críticas

Apesar de o título ser entregue a diversas figuras públicas, o privilegio está longe de agradar a todos.

No mês passado, a Aleam entregou o título de cidadão do Amazonas ao presidente Jair Bolsonaro e gerou revolta em diversos pesquisadores e professores que devolveram as honrarias recebidas pelo parlamento estadual em protesto contra o título a Bolsonaro.

Essa não é a primeira vez que o título acaba em confusão na Assembleia, ainda no mês passado o publicitário Durango Duarte criticou a Aleam por ‘distribuir muitos títulos’.

Em nota, o presidente da Casa, deputado Roberto Cidade (PV) repudiou a fala de Durango. “A Assembleia Legislativa lamenta o posicionamento do publicitário, que foi tão bem recebido e acolhido em nossa terra, tendo, inclusive, recebido o título de Cidadão do Amazonas, e que, mesmo assim, desdenha do trabalho sério e comprometido que esta casa desenvolve, na representatividade do povo amazonense”.

O publicitário foi contemplado pela honraria em 2019, mas após a declaração teve seu título cassado.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap