'Baile das Cinderelas' vai presentear adolescentes com festa de 15 anos

US - R$ 4,09

×

‘Baile das Cinderelas’ vai presentear adolescentes com festa de 15 anos

Projeto contempla 15 meninas de baixa renda de Itacoatiara que têm um sonho em ter uma festa de aniversário, mas que não possuem condições para fazê-la

Rayane Araújo (à esquerda) e Ediana Cavalcante (à direita) - (Divulgação)

“É como um sonho se realizando, meus pais não podiam me dar uma festa de aniversário de 15 anos e eu sabia disso, sabia de todas as dificuldades, que era realmente difícil fazermos um baile devido as finanças, mas eu nunca desisti”, relatou a estudante Ediana Cavalcante, que fez 15 anos no dia 21 de janeiro de 2019.

Ediana é uma das contempladas da 3ª Edição do “Projeto Baile das Cinderelas”, que é realizado anualmente no município de Itacoatiara, a 270 quilômetros de Manaus. Este ano, a ação vai beneficiar também outras 15 adolescentes de baixa renda e que têm o sonho de realizar o tão desejado baile de debutantes.

Adolescente contemplada e sua mãe, ao ler a carta com a informação de que foi selecionada para ser uma das Cinderelas (Divulgação)

“No começo do ano, eu rezei e pedi a Deus que ele pudesse ajudar aos meus pais e a toda a minha família para que as coisas melhorassem, e assim, pudéssemos realizar o meu aniversário. Jamais pensei em desistir, tinha dias em que eu chorava, porque o aniversário sempre foi meu sonho, mas eu sempre soube esperar, porque tudo é no tempo certo de Deus. Então, até que surgiu a chance de me inscrever no projeto. Conheci o Baile das Cinderelas por meio da minha amiga, resolvi escrever a minha carta e minha mãe levou ao local de inscrição”, contou.

De acordo com a estudante, ser uma das 15 meninas entre tantas que tentaram a vaga, é algo inimaginável e uma sensação única. “Não tem como explicar, são várias emoções, vários sentimentos, uma alegria indescritível. Você espera pela notícia e, entre várias meninas, você ser selecionada, é uma benção de Deus, só tenho a agradecer”, disse Ediana.

‘Momento único’

Para a organizadora e idealizadora do projeto, Denize Araújo, que é empresária e promotora de eventos, o baile de 15 anos é um momento único em que toda a adolescente sonha em vivenciar. Segundo ela, que é dona de uma loja que revende objetos para festas, o baile das debutantes é um sonho compartilhado entre pais e filhas, que se planejam por meses para realizar um aniversário aguardado por anos.

“Eu observava que compravam os utensílios para os aniversários das filhas com um brilho no olhar. E isso me comoveu e ainda me comove, porque algumas vezes elas só iam calcular quanto custaria fazer uma festa. E eu via que as mães e as filhas queriam, mas não tinham condições e era um sonho impossível, inatingível de se alcançar, mas que mantêm guardadinho em seu íntimo, na esperança de realizar, e são essas meninas que compõem o público alvo desse projeto. “, comentou Denize.

O Projeto

O Baile das Cinderelas começou em 2017, quando Denize lançou a ideia a amigos que também trabalham com eventos o ano todo: cerimonialistas, fotógrafos, buffets, salões de festas, salões de beleza, DJ, lojas de locações de roupas. Todos abraçaram a ideia e com a ajuda de empresários locais e da comunidade conseguiram realizar a festa. 

O processo de seleção das meninas segue uma lista rigorosa de critérios: o primeiro é as adolescentes escreverem uma carta à mão e entregarem, sob a responsabilidade do pai ou da mãe, ao local de inscrição. Na carta, as meninas têm que dizer o porquê querem participar do projeto. Elas precisam também entregar uma foto, a declaração da escola confirmando que elas estão matriculadas e que têm boas notas, além do comprovante de residência e de um documento para comprovar que fazem 15 anos em 2019.

A partir dessa etapa, a coordenação começa o processo de escolha, onde são observadas as rendas das famílias, que precisam ser baixa. As famílias têm que passar também por uma conversa com assistentes sociais, pedagogos, psicólogos com registro dos fotógrafos do projeto. As adolescentes precisam ter, principalmente, notas boas em suas respectivas escolas e serem boas alunas.

O baile vai acontecer no dia 26 de dezembro, no Clube Recreativo dos Professores de Itacoatiara (Crepi), na avenida Mário Andreazza. “É um projeto da comunidade, toda a população ajuda. Além dos vestidos para as meninas, também conseguimos vestidos para as mães, em caso de precisar. Esperamos que seja realmente lindo”, finalizou Denize.

Veja as fotos das adolescentes ao serem selecionadas:

Faça um comentário