Em vídeo, aluna do 8° ano denuncia situação precária em escola estadual no interior

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

1 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Em vídeo, aluna do 8° ano denuncia situação precária em escola estadual no interior

No vídeo enviado à redação do Amazonas1 é possível verificar a situação da sala de aula, com vazamento no teto, fiação e tomadas elétricas expostas.

Em vídeo, aluna do 8° ano denuncia situação precária em escola estadual no interior

Na Escola Estadual Coronel Raimundo Cunha, em Benjamin Constant, município que fica 1.119 quilômetros de distância em linha reta de Manaus, uma aluna do 8° ano denuncia, em vídeo, a situação da sala aula que tem 38 estudantes, que estava cheia de goteiras e com a fiação  elétrica exposta.

No vídeo, a estudante reclama da infraestrutura da unidade educacional, que fica na Avenida 24 de Abril. Segundo a denúncia,  a sala de aula na qual ela estuda, alaga em dia de chuva e em dia de sol faz calor pelo fato do ar-condicionado não funcionar. A aluna fala sobre as tomadas que ficam expostas e que uma delas já explodiu três vezes e nada foi feito.

Veja o vídeo;

 

A escola tem 8 salas e em cada uma tem aproximadamente 40 alunos, a escola tem dois pavilhões, e cada lado tem quatro salas, o lado “A” e o lado “B”.

O lado “B” é do 8° ao 9° ano, onde a aluna que fez o vídeo estuda. Segundo a fonte, que não quis se identificar com medo de represálias, disse “Aquela situação lá é de uma aluna do 8° ano, a situação é daquele jeito em todo aquele lado”.

A equipe da Amazonas1 teve a informação que a escola funciona a mais de 50 anos e nesse período ela não recebeu nenhuma reforma, somente pinturas e pequenos consertos. A unidade de ensino não tem sala de mídia, auditório, refeitório e nem quadra.

A internet que é utilizada na escola pela secretaria para trabalhos de uso em aula e particular não é paga pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc). As pequenas manutenções são feitas pelos funcionários.

Seduc responde

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto informa que já foram tomadas as devidas providências com relação ao caso de vazamento na Escola Estadual Coronel Raimundo Cunha, no município de Benjamin Constant. A Secretaria acionou a Gerência de Manutenção (Geman) da pasta e a unidade receberá os devidos reparos na segunda-feira (09/12).

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading