Governo alinha ações para combater trabalho infantil na cadeia produtiva da castanha no AM - Amazonas1
21 de janeiro de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Governo alinha ações para combater trabalho infantil na cadeia produtiva da castanha no AM

A proposta é que o plano estratégico a ser elaborado seja aplicado primeiramente no município de Boca do Acre, foco da pesquisa desenvolvida pela UFRO

Governo alinha ações para combater trabalho infantil na cadeia produtiva da castanha no AM
Foto: Diego Peres/Secom

O governador Wilson Lima se reuniu, nesta segunda-feira (23), com representantes da Organização Internacional do Trabalho (OIT), agência vinculada à Organização das Nações Unidas (ONU), e do Ministério Público do Trabalho (MPT) para discutir estratégias de combate ao trabalho infantil na cadeia produtiva da castanha, no Amazonas. A problemática foi tema de estudo realizado por pesquisadores da Universidade Federal de Rondônia (UFRO).

“O Governo do Estado vai participar diretamente de um grupo de trabalho formado pelo Ministério Público do Trabalho, OIT e vários outros parceiros da sociedade civil para discutirmos formas de mitigar esse problema e propor um plano estratégico que também possa ser aplicado em outras cadeias produtivas do Amazonas. Nosso compromisso é que as crianças estejam na escola”, destacou o governador.

As Secretarias de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) e de Produção Rural (Sepror) representarão o Governo do Estado no grupo de trabalho. A proposta é que o plano estratégico a ser elaborado seja aplicado primeiramente no município de Boca do Acre, foco da pesquisa desenvolvida pela UFRO.

“Sabemos que essa é uma questão que está muito enraizada na nossa cultura, em que os próprios pais das crianças envolvem as crianças nesse trabalho, faz parte da cultura amazônida, mas, ao mesmo tempo, a gente se preocupa. O Governo do Estado está empenhado em dar condições de trabalho para essas famílias sem a utilização de trabalho infantil”, afirmou o secretário executivo de Desenvolvimento Econômico da Sedecti, Renato Freitas, representando o secretário Jório Veiga.

Participaram da reunião os secretários de Produção Rural, Petrúcio Magalhães; de Assistência Social, Maricília Teixeira; da Fazenda, Alex Del Giglio; além da diretora do Programa de Aceleração do Desenvolvimento Educacional do Amazonas (Padeam), da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, Kuka Chaves.

(*) Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading