US - R$ 4,04

×

Professora do Sólon de Lucena é selecionada para intercâmbio no Canadá

O intercâmbio vai durar 8 semanas em Ottawa. Ao todo, foram escolhidos 102 professores de todo o Brasil.


A professora da rede pública estadual do Amazonas Paula Priscila Rocha Gil, de 31 anos, foi uma das selecionadas pelo Programa de Desenvolvimento Profissional de Professores da Educação Básica no Canadá.

Professora selecionada para intercâmbio(Divulgação)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A docente, que ensina a disciplina Língua Espanhola, na Escola Estadual Sólon de Lucena, viajará para a cidade de Ottawa, na terra do Maple, onde participará de um intercâmbio de oito semanas. Ao todo, foram escolhidos 102 professores de todo o Brasil.

Paula foi selecionada com o projeto “Empreendedorismo e sustentabilidade como ferramentas de combate à evasão escolar: uma abordagem interdisciplinar da Língua Espanhola”, no qual aposta em uma visão ecossustentável para frear o alto índice de alunos que abandonam as escolas, principalmente, no período noturno.

“Nós sabemos que essa evasão [escolar] acontece por diversos fatores e pretendo, por meio de uma aplicação interdisciplinar da Língua Espanhola, que esses alunos confeccionem itens utilizando materiais recicláveis e de baixo custo”, afirmou a professora. “Meu projeto termina com uma mostra de produtos ou serviços criados com ideias sustentáveis e que podem ser comercializados”, completou Paula.

A professora viajará para o Canadá no próximo mês de julho e receberá pelo programa federal passagens, estadia, três refeições diárias, transporte para a universidade e uma bolsa de C$ 600. O intercâmbio de capacitação será dividido em duas partes, sendo a primeira um curso básico de Inglês e a segunda um workshop de formação para professores, voltado para gestão de aula e aprendizagem centrada no aluno.

“A intenção é que, na volta a Manaus, possamos pôr em prática esse projeto não somente na minha escola [Sólon de Lucena], mas, também, em muitas outras da rede pública de ensino que possuem um alto índice de evasão escolar”, finalizou Paula.

(*)Com informações da Assessoria

Faça um comentário