Recadastramento de servidores estaduais termina nesta sexta-feira

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

2 de julho de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Recadastramento de servidores estaduais termina nesta sexta-feira

Quem perder o prazo terá o salário ou o benefício suspenso

Recadastramento de servidores estaduais termina nesta sexta-feira
Gabriel Retondano/Sead

O recadastramento obrigatório de servidores, aposentados e pensionistas, incluindo os que recebem o benefício pela Fundação Amazonprev, encerra nesta sexta-feira, 24, para nascidos em janeiro e não no dia 31/01 conforme divulgado anteriormente.

Quem perder o prazo terá o salário ou o benefício suspenso. Para se regularizar junto ao Estado, após o fim do período para realizar o procedimento, os servidores devem procurar o setor de Recursos Humanos dos órgãos onde trabalham ou a Amazonprev, no caso dos beneficiários atendidos por essa fundação.

Conforme o Decreto nº 41.350, de 7 de outubro de 2019, o procedimento é feito em qualquer agência ou posto de atendimento do Bradesco em todo território nacional. Para melhor atender os servidores, um Núcleo de Atendimento com 25 atendentes foi montado na agência localizada na rua Silva Ramos. Lá, os funcionários do banco prestam atendimento exclusivo aos servidores, das 8h às 15h, de segunda a sexta-feira.

Somente este mês, mais de 8 mil agentes públicos devem se recadastrar, desse total, 2,6 mil aposentados e pensionistas da Fundação Amazonprev. Até o fim do ano, mais de 100  mil pessoas, entre ativos e inativos, devem passar pelo procedimento, sempre no mês do aniversário, conforme calendário publicado no Decreto nº 41.350.

No site da Sead (www.sead.am.gov.br) é possível ver o calendário completo de recadastramento, endereços das agências, documentos que devem ser apresentados durante o procedimento.

 

 

(*) Com informações da assessoria

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias