Susam assume administração do Hospital Francisca Mendes

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

14 de julho de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Susam assume administração do Hospital Francisca Mendes

Segundo Simone Papaiz, a ideia é que o hospital tenha, após o prazo de transição, um novo formato de gestão, que ofereça um serviço de saúde eficiente.

Susam assume administração do Hospital Francisca Mendes
Hospital Universitário Dona Francisca Mendes (Divulgação)

A partir desta semana, a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) vai assumir a gestão plena do Hospital Universitário Francisca Mendes (HUFM), por 90 dias, prazo prorrogável por mais 90.

Neste sábado, 30, ocorreu uma reunião comandada pela secretária de Saúde, Simone Papaiz, para decidir os detalhes sobre a reformulação da administração na unidade da Zona Norte.

A secretária, acompanhada de assessoria técnica da Susam, realizou reuniões com as principais empresas médicas que atuam no HUFM, nas quais foram discutidos os novos termos de contratação para garantir a continuidade dos serviços da unidade.

De acordo com Simone Papaiz, a ideia é que o hospital tenha, após o prazo de transição, um novo formato de gestão, que ofereça um serviço de saúde moderno e eficiente.

“O governador Wilson Lima determinou a reformulação da saúde no Amazonas. Por isso, vamos realizar essa transição, enquanto trabalhamos no edital para contratação de uma OSS (Organização Social de Saúde) para administrar o hospital”.

Escolha por OSS

Simone Papaiz explicou os motivos pelos quais o Governo do Estado pensa em optar pela contratação de uma Organização Social de Saúde (OSS) para a administração do HUFM, a exemplo do que já acontece no Hospital Delphina Aziz.

“O modelo de gestão através de OSS comprovadamente traz vantagens, por ser mais econômico e produzir melhores resultados. Quando se escolhe esse modelo de gestão, o edital de contratação deixa claro que tipo de serviço o Estado deseja que seja executado, ficando ao poder público a obrigação de monitorar o que foi contratado e o que está sendo oferecido”.

A secretária ressaltou que a atual gestão da Susam tem trabalhado na construção de um plano de reorganização da rede de Saúde do Amazonas e que todas essas questões serão discutidas com o Conselho Estadual de Saúde (CES) e demais interessados.

Gestão compartilhada

O Estado já realizava a cogestão da unidade de saúde, localizada na Cidade Nova, desde o final de 2019, compartilhando as responsabilidades com a Fundação de Apoio Institucional Rio Solimões (Unisol).

O termo aditivo assinado entre Susam e Unisol em dezembro de 2019 previa a vigência da cogestão por seis meses, e será encerrado no próximo dia 4 de junho.

Referência

O HUFM é habilitado no SUS como Centro de Referência em Alta complexidade em Cardiologia e suas subespecialidades, além de oferecer tratamento em Neurologia e Neurocirurgia e ser certificado como Hospital de Ensino.

O Francisca Mendes possui, ainda, um núcleo para a realização de teleconsultas e exames cardiológicos à distância, fazendo parte da Rede de Atenção às Urgências do Estado do Amazonas, atendendo com eficácia a demanda da região Norte.

 

(*) Com informações da assessoria

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias