TCE cobra mais de meio milhão de ex-prefeito da cidade de Humaitá

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

14 de julho de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

TCE cobra mais de meio milhão de ex-prefeito da cidade de Humaitá

José Cidinei Lobo do Nascimento tem o prazo de 30 dias para devolver o valor. O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) reprovou as contas de 2016

TCE cobra mais de meio milhão de ex-prefeito da cidade de Humaitá
Foto: Reprodução/internet

O ex-prefeito de Humaitá (a 591 quilômetros de Manaus) José Cidinei Lobo do Nascimento, tem o prazo de 30 dias para devolver mais de meio milhão de reais, após ter tido as contas exercício financeiro de 2016, reprovadas pelo Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM).

A notificação n° 01/2020 que consta a informação foi publicada no Diário Oficial da Corte de Contas, nesta quinta-feira, 28.

O ex-gestor deverá devolver aos cofres públicos o valor global de R$ 517.334,84 devidamente atualizada e apresentar comprovante de depósito.

O TCE determinou 30 dias para o ex-gestor “apresentar razões de
defesa acerca dos achados 10 e 26 consignados no Processo TCE nº 11.353/2017 ou recolher os valores”.

 

 

Outras irregularidades 

Em junho de 2018, o ex-gestor José Cidinei Lobo do Nascimento foi alvo de investigação do Ministério Público do Amazonas (MP-AM), por improbidade administrativa, no exercício de 2013.

A investigação foi instaurada em decorrência de suposto superfaturamento de obras públicas.

 

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias