Câncer do Colo Uterino - Amazonas1

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

23 de setembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Câncer do Colo Uterino

O câncer do Colo Uterino ou da Cérvice se apresenta como um tumor que se desenvolve a partir de lesões precursoras no colo do útero, localizado no interior da vagina. A maioria das lesões precursoras são resultantes de infeções causadas por alguns tipos de Papiloma Vírus Humano (HPV), especialmente o HPV-16 e o HPV-18, responsáveis por cerca de 70% dos cânceres cervicais. Dentre os principais fatores de risco para o câncer estão a multiplicidade de parceiros e a história de infecções sexualmente transmissíveis, a idade precoce na primeira relação sexual e ao número de gestações, fatores como tabagismo e dieta pobre em alguns nutrientes também podem estar relacionados.

O desenvolvimento do câncer do colo uterino acontece de forma lenta na maioria dos casos e normalmente não apresenta sintomas no início, porém a mulher pode apresentar sangramento vaginal intermitente ou após a relação sexual, corrimento vaginal anormal e dor abdominal associada com queixas urinárias ou intestinais nos casos mais avançados.

É um dos tipos de câncer que apresenta as melhores chances de prevenção e cura quando descoberto precocemente através do exame preventivo também chamado de Papanicolaou, durante a consulta ginecológica de rotina. O exame consiste na análise citopatológica das células extraídas por raspagem do colo do útero, trata-se de um procedimento simples que pode ser um pouco desconfortável mas geralmente não é doloroso,  indicado para as mulheres que já tiveram relações sexuais e mulheres com idade a partir de 25 aos 64 anos de idade, o Ministério da Saúde recomenda que os dois primeiros exames sejam realizados periodicamente em intervalos de 1 ano, caso os resultados sejam normais, podem ser feitos em intervalos de 3 anos.

O Ministério da Saúde, através do Programa Nacional de Controle do Câncer do Colo do Útero tem buscado, através de ações de controle como a detecção primária, diagnóstico precoce e tratamento, diminuir a incidência, a mortalidade e melhorar a qualidade de vida da mulher com câncer do colo do útero.

No Brasil o câncer do Colo do Útero é uma das maiores causas de morte por câncer em mulheres, ficando apenas em segundo lugar depois do câncer de mama segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), no Amazonas as estimativas são ainda mais alarmantes com cerca de 600 casos diagnosticados anualmente, mais do que os casos registrados de câncer de mama.Para médicos e demais profissionais de saúde a justificativa para números tão elevados pode estar relacionada ao início da vida sexual precoce e também às questões culturais como medo ou vergonha de procurar o serviço de saúde para a realização do exame preventivo que é a principal estratégia para o diagnóstico precoce e melhor resposta ao tratamento.

Diante desse problema de saúde pública, a vacinação contra o HPV, vírus causador da doença é de fundamental importância, pois tem alta eficácia comprovada; assim como as ações educativas para a prevenção do câncer do colo uterino com vistas a uma redução à longo prazo do número de casos no Amazonas.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading