Câncer Renal - Amazonas1

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

10 de julho de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Câncer Renal

Carcinoma de células renais (CCR) é o nome dado para designar todos os tipos de tumores renais malignos, mas existem vários tipos histológicos, alguns mais agressivos e com maior letalidade e outros com menos agressividade; podemos citar como exemplo:o tumor de células claras ( mais comum com 70 % dos casos), o papilar, cromofóbo e osarcomatoide ( 1% dos casos, porém, o mais grave).

Este tipo de câncer ocorre quando há uma modificação genética nas células, podendo ter causa hereditária, ou, associada a fatores externos, como hábitos alimentares, o tabagismo e a obesidade.

O câncer renal é considerado uma doença rara comparada a outros tipos de cânceres, podendo acometer os dois rins, sendo mais comum afetar apenas um, e pode se desenvolver em qualquer parte dos rins, que são órgãos localizados nos dois lados do corpo, na região lombar, na base da caixa torácica. Os rins são cercados de tecido gorduroso que os protege. Eles possuem uma glândula na parte superior de cada um, chamada supra-renal ou adrenal, responsável pela produção de hormônios.

As principais funções dos rins são a formação da urina através da filtração do sangue para retirar o excesso dos produtos prejudiciais ao corpo humano.

De acordo com o INCA (Instituto Nacional do Câncer), no Brasil, a taxa de incidência varia de 7 a 10 casos por 100 mil habitantes a cada ano, predominando na faixa etária entre 50 a 70 anos de idade. No entanto, pode aparecer em qualquer idade e em ambos os sexos. Existem, inclusive, casos de câncer renal em crianças também.  Nos últimos anos o percentual envolvendo o câncer renal foi menor que 2,0 % em relação a outros tipos de câncer. Porém, essa estatística vem aumentando.

Os sinais e sintomas mais comuns do câncer renal são: as dores na região lombar, presença de sangue na urina e massa palpável na região abdominal. Outros sintomas menos específicos que também podem estar relacionados são: febre, emagrecimento e hipertensão arterial. Geralmente, o câncer renal apresenta poucos sintomas na fase inicial. Porém, é importante conhecer os sintomas e consultar o médico o quanto antes,  pois quando o diagnóstico é realizado precocemente, aumenta as chances de uma boa resposta ao tratamento e cura da doença.

Atualmente as técnicas de tratamento do câncer estão cada vez mais modernas e eficientes, de maneira que os impactos sofridos pela doença sejam menores e alcancem bons resultados.

O tratamento do câncer renal pode ser realizado através de várias modalidades, como por exemplo: a quimioterapia, radioterapia e o tratamento cirúrgico, dependendo do estágio da doença; ressaltamos que o corpo humano é capaz de sobreviver apenas com um dos rins funcionando, caso seja necessária a remoção cirúrgica completa de um deles. E em casos extremos da necessidade de retirada de ambos os rins, ainda assim é possível sobreviver realizando diálise e em alguns casos, transplantes renais após a cura do câncer.

Destacamos que a cirurgia para a retirada do tumor renal, sempre que possível , deve ser recomendada.

O estado do Amazonas possui como centro de referência nacional no tratamento de todos os tipos de cânceres, a Fundação Centro de Controle de Oncologia (FCECON), que oferece tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Para o Ministério da Saúde, o passo fundamental para o tratamento adequado do câncer é o diagnóstico, incluindo o estadiamento no qual se baseará o planejamento terapêutico.

 

REFERÊNCIAS

ALBUQUERQUE,Mauro Guimarães; VIEIRA,Sabas Carlos; REGO,Cristiane Fortes Napoleão; FORTES, Emanuel Augusto de C.; SANTANA, Gerúsia Ibiapina.Tumor de Wilms em adulto: relato de caso. Revista Brasileira de Cancerologia 2004; p 50(4): 307-310.

 

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. Coordenação Geral deAções Estratégicas. Coordenação de Prevenção e Vigilância. Estimativa 2012 : incidência de câncer no Brasil / Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva, Coordenação Geral de Ações Estratégicas, Coordenação de Prevenção e Vigilância. – Rio de Janeiro : Inca, 2011.

 

MENEZES, Marcela Silva; MOLINARI, Fabio Daniel; FORNARI, João Victor; BARNABÉ, Anderson Sena; SILVA, Samanta Cordeiro; BEZERRA,Amanda Lima;EL IBRAHIM Roberto; FERRAZ, Renato Ribeiro Nogueira.Descrição de Casos de Nefroblastoma Diagnosticados em um Laboratório de Anatomia Patológica da Cidade de São Paulo, Brasil. Revista Brasileira de Cancerologia 2013; p 59(2): 185-19.

 

POMPEO, ACL; MARTINS,ACP; SOUZA, Jr AEPet al. Câncer Renal: Diagnóstico e Estadiamento. Projeto Diretrizes. Sociedade Brasileira de Urologia: 2006.

 

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias