US - R$ 4,13

×

Você cumpre o que promete?

Bom eu não sei quantos anos você tem e nem sei se este assunto é importante pra você. Mas como o título artigo enuncia hoje o papo é pra falar do que a gente promete, mas não cumpre, e porque eu mencionei a questão da idade?! Bom, vamos lá: ao longo das minhas cinco décadas de existência, aprendi que o que a gente fala e promete deve ser cumprido. Antigamente, o que os nossos pais ou os mais velhos falavam era lei. O pessoal até dizia “tal acordo está apalavrado” e não tinha nem lei e nem nada que alterasse o combinado.

Palavra tinha valor! Era uma questão de compromisso e respeito com a outra parte. Lógico que a vida é dinâmica, as coisas mudam e os acordos também podem mudar, mas não custa nada ser gentil e agir com transparência. Assim, poupamos aborrecimentos em relação ao outro lado envolvido. Se a gente muda de opinião, o outro não tem como saber se não for comunicado!

Sem palavra e sem sentimento

Mas, hoje em dia as coisas mudam 24 horas por dia e a maioria de nós não cumpre o combinado, não dá feedback e fica tudo por isso mesmo. Respeito zero! Olha que não é uma questão de saudosismo e ilusão de que a vida era melhor antes. Tinha muita coisa errada também. Não estou aqui defendendo uma época e vivendo no passado. Entretanto, o nível de descomprometimento e desrespeito chegou a um ponto que é preciso tocar nessa ferida. Não vejo incompatibilidade em lidar com a dinâmica do mundo de hoje, resguardando o respeito ao outro, como no passado!

Gente, se você prometeu algo e sentiu que não vai rolar, dá um feedback pro ser humano que está aguardando o seu retorno. Não se finja de morto. Ninguém é sonso ou se finge de acéfalo. Se não pode cumprir, não promete. É difícil ser honesto? É difícil ser correto? Vai comunicando o que está acontecendo para que todos acompanhem o desenrolar da situação.

Batendo perna

Me procuram para fazer propostas de patrocínio para minha empresa, para prestação de serviços ou mesmo para palestras. Visito o potencial cliente, às vezes mais de uma vez, formato a proposta de acordo com o perfil, invisto meu tempo e recursos, reservo agenda, o que significa deixar outros compromissos de lado, e simplesmente a pessoa não se posiciona nem com um “sim” ou um “não”. A criatura não fala nada! Aí pede pra refazer a proposta, vamos lá tudo de novo. E o comportamento continua o mesmo! Se faz de morto e acha que não tenho memória. Gente cadê o respeito?

Não se trata apenas dos meus investimentos em relação ao potencial cliente e nem mesmo o tempo que deixo de produzir para um cliente ou fazer outra coisa, isso faz parte do negócio. Agora não receber retorno, além de criar expectativa demonstra uma incrível falta de respeito com o outro. E é isso que incomoda! Tem gente que simplesmente não fala mais nada! Te encontra, abraça e parece que nada aconteceu.

Pior do que o ruim

Pior é quando você contrata um serviço e – simplesmente – precisa cobrar um milhão de vezes o que foi combinado e não há retorno por parte da empresa ou do prestador de serviços. Na hora de contratar tudo é maravilhoso, porém na hora do cumprimento do combinado…

Esse desabafo não é apenas meu não! São milhões de profissionais autônomos que investem na captação de serviços e aguardam uma simples resposta. Se você não pode ou não quer cumprir o que você se propôs chega pra pessoa e fala “não vou fazer negócio”, “neste momento não dá”, “desculpa” ou qualquer outra coisa, mas não deixe as pessoas criando expectativas.

Esse é um tipo de energia que não é boa, porque sua vida caminha conforme as suas atitudes.  E se fazem isso com você, não faça com os outros. Rompa esse vínculo negativo, comportando-se de outra forma.

Desempregado e enganado

Agora pior, pior mesmo é o desempregado que participou de um processo de seleção e a resposta nunca chega. Você já imaginou o nível de ansiedade (e até desespero) de um pai de família que está desempregado há mais de um ano, tem família e filho pequeno pra sustentar e está aguardando um retorno seja qual for da empresa?!

Essa reclamação é recorrente no Linkedin! Pessoas que reclamam da falta de compromisso por parte da empresa (pessoal do RH) que não dá retorno ao candidato. Não faça aos outros o que não gostaria que fizessem com você!

A falta de respeito chegou a tal ponto que há poucos dias, um recrutador de uma empresa foi demitido após gravar um vídeo zombando dos inúmeros currículos que estavam na sua mesa, e é claro, dos donos também. A indignação dos que assistiram à zombaria foi tamanha que a empresa assim que foi informada demitiu o rapaz.  

Ser honesto e voltar atrás por conta de algum imprevisto é completamente aceitável, desde que se demonstre empatia, respeito e transparência com o outro. E se não pode cumprir, não prometa!

www.cristinamonte.com.br

 

 

 

 

 

Faça um comentário