Apaixone-se pelo processo e não pelo resultado - Amazonas1

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

28 de setembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Apaixone-se pelo processo e não pelo resultado

Amor é um sentimento muito forte, mas a paixão é intensa.

Apaixonar-se é olhar para algo e sentir uma euforia diferente, que mais parece com o sentimento de felicidade misturado com insegurança.

Mesmo assim você se entrega, como se de repente tivesse encontrado aquilo que fizesse total sentido para sua vida.

Isso vem acompanhado de uma motivação surreal, onde nos entregamos de corpo e alma para que tudo dê certo.

Já amar é se apaixonar todos os dias. É enfrentar desafios, acabar com as objeções e se dedicar totalmente para cuidar do seu bem amado.

No altar o padre diria “Na saúde ou na doença”, mas eu não quero que você se confunda, porque eu não estou falando de um relacionamento amoroso.

Tudo bem, parece mesmo que estava falando o tempo inteiro disso, mas a analogia é a mesma. Afinal, qualquer tipo de relacionamento exige a mesma dedicação.

Na sua vida profissional não é diferente, me arrisco a dizer que seja ainda mais difícil. Ser obrigado a se “casar” aos 17-18 anos com algo que é para durar o resto da sua vida, é um modelo tão falido quanto um casamento arranjado.

O problema é que somos praticamente forçados a trabalhar para ter nosso sustento e acabamos sendo induzidos a nos apaixonar por pequenos ganhos de curto prazo, criando uma obsessão por eles. O amor da sua vida acaba se tornando o “dia do pagamento” e você precisa se manter fiel a isso para não perder sua segurança no começo/fim do mês.

Sua vida profissional acaba se tornando um verdadeiro relacionamento abusivo, onde o encanto do amor pela sua profissão é mascarado por pequenas recompensas, um extra, um bônus, uma comissão, uma promoção…

Tenho certeza que muitos não querem viver assim para sempre, mas alguns acabam se acomodando e outros procuram por um plano B.

Você pode optar por ficar a vida toda pulando de vaga em vaga ganhando um dinheirinho a mais, preservando sua estabilidade e estilo de vida ou até tentar confiar em uma “jogada de sorte” que irá mudar repentinamente sua realidade.

Não estou aqui para criticar a sua decisão, só quero que você saiba que existe outra alternativa, um caminho sólido para se construir a carreira dos seus sonhos e ele mais se parece com aquele relacionamento que mencionei no início desse artigo.

Você pode seguir sua verdadeira paixão, aquilo que você gosta de fazer. Porém, Quero te deixar ciente que isso é vendido “enlatado” por aí, como se fosse uma fórmula ou modelo replicável, mas não é. Só você é capaz de construir a sua história e com o tempo perceberá que encontrou a profissão que ama.

O começo é verdadeiramente nebuloso, mas tem uma frase que sempre levei em consideração para seguir em diante “a confusão é o primeiro passo para o conhecimento”. Persista mesmo que ainda não tenha todas as respostas.

Por isso, quero te dar o ponto de partida definitivo. Se pergunte: “O que eu faço hoje me incomoda de alguma forma?”

Se sim, faça uma lista dos problemas que te impedem de se dedicar a aquilo que você gosta, compare com as insatisfações que vive hoje e analise se vale a pena arriscar. Afinal, é muito difícil existir o cenário ideal, você vai ter que assumir riscos, mas tenho certeza que a maioria botaria mais esforço para fazer algo que tenha vontade do que se render as suas frustrações. Porém, a verdade é apenas uma, muitos sabem disso, mas não tem coragem.

Mas tudo bem, precisa se preparar para essa transição? Ao menos dê o primeiro passo hoje. Acredite em você e na sua paixão, assim você viverá cada dia convicto de que escolheu o “parceiro(a)” certo para o resto da sua vida.

Comece se apaixonando pelo processo e você irá amar o resultado!

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading