MENU
logo-amazonasum

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Ataque em Manaus gera onda de comentários nas redes dos políticos

Os políticos se manifestaram em suas redes sociais sobre os ataques orquestrados por criminosos a ônibus do transporte coletivo em Manaus
Edilânea Souza – Portal AM1*
• Publicado em 06 de junho de 2021 – 15:35
Políticos do Amazonas_AM

MANAUS, AM – Após ataques de vandalismo em diversos bairros de Manaus, na madrugada e manhã deste domingo (6), políticos do Amazonas se manifestaram, nas redes sociais contra os atos criminosos. Responsáveis por propor leis e fiscalizar a aplicação delas, os políticos assumem o papel de comentaristas e, em alguns casos, propõe sugestões para o enfrentamento da violência.

Um desses políticos foi o deputado federal e vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos que disse que o momento é de união de todos, porque a cidade já sofre com a pandemia da Covid-19 e a crise econômica que faz faltar comida na mesa dos manauaras.

Ao Portal AM1, Ramos disse que o Estado tem que atuar de forma rápida e não pode perder o controle da situação. “Há muito tempo sabemos que o crime organizado controla áreas de Manaus. Ou reprimimos duramente com inteligência e força esses atos que afrontam o poder o Estado, ou perderemos completamente o controle do Estado. Coloco meu mandato à disposição pra articular apoio federal nesse combate”, ressaltou o parlamentar.

O deputado Serafim Corrêa (PSB) disse que a população precisa se sentir segura e que o estado precisar deixar claro que não perdeu o controle. “Situação que exige uma pronta reação do aparelho policial no sentido de garantir a segurança da cidade. A população precisa ter claro que o Estado não perdeu o controle da situação”, afirmou ele.

Leia mais: Bandidos incendeiam veículos e promovem noite do terror em vários bairros de Manaus

Quem também se manifestou nas redes sociais foi deputado federal, delegado Pablo (PSL), que deixou seus canais de comunicação abertos para quaisquer denúncias da população sobre quem foram as pessoas que realizaram os ataques criminosos.

“Mais uma madrugada em que a população sofre com a guerra de traficantes. Segundo informações um desses vagabundos foi morto em confronto com a ROCAM e seus comparsas resolveram atear fogo em ônibus, ambulâncias e outros 15 veículos para vingar o coleguinha. Se você tem informações a respeito de quem incendiou os veículos, denuncie via direct para encaminharmos às autoridades ou pelo Disk-Denúncia 181”, escreveu ele no Instagram.

Já o deputado Capitão Alberto Neto (Republicanos) considerou uma afronta os ataques deste domingo e que alguns dos participantes do vandalismo já foram identificados. “É muita audácia da vagabundagem transformar Manaus em um campo de guerra e amedrontar trabalhadores e suas famílias. Acabei de falar com secretario de segurança Coronel Bonates sobre as ações emergenciais para que esses vagabundos tenham o que merecem. O setor de inteligência da Polícia já identificou alguns deles”, escreveu Alberto Neto.

Na última semana, projeto de Alberto Neto em conjunto com o deputado Gurgel (PSL-RJ), na Câmara dos Deputados, a transformação da área de Complexos Prisionais federais, distritais e estaduais e Unidades Prisionais federais, distritais e estaduais em Área de Segurança. O PL prevê ainda, que no entorno de até 250 metros, haja restrição do sobrevoo de aeronaves; adequação ou até interrupção do uso de celulares; e procedimentos, dentro dos limites legais, para controle da ocupação do solo e das atividades de residentes, frequentadores e empresas.

Leia mais: Horrorizada com ataques, juíza Jaiza Fraxe pede aos manauaras que fiquem em casa

Políticos do Amazonas_AM

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap