'Pacto pela vida e pelo Brasil' é lançado por entidades civis e OAB
A + A -

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

25 de maio de 2020
Site auditado pelo

Redes Sociais

[email protected]

‘Pacto pela vida e pelo Brasil’ é lançado por entidades civis e OAB

O pacto tem por objetivo "alertar e representar a sociedade brasileira" em meio à crise causada pela pandemia do novo coronavírus

‘Pacto pela vida e pelo Brasil’ é lançado por entidades civis e OAB
(Foto: Reprodução/ Jornal de Brasília)

Associações representantes de categorias e entidades de defesa à ciência e aos direitos humanos se reuniram para lançar, nesta terça-feira, 7, o “Pacto pela Vida e pelo Brasil”, que tem por objetivo “alertar e representar a sociedade brasileira” em meio à crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

Fazem parte da frente a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Comissão em Defesa dos Direitos Humanos Evaristo Arns, a Academia Brasileira de Ciências (ABC), a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

“As entidades uniram suas forças para clamar pela união de toda sociedade brasileira, de todos os seus cidadãos, governos e Poderes da República, e formar uma ampla aliança para enfrentar a grave crise sanitária, econômica, social e política que vive o país”, diz o texto assinado por autoridades que comandam as entidades reunidas, como o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz.

O grupo irá enviar ainda nesta terça-feira o documento assinado pelas autoridades para governadores e para os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli.

Na carta, as entidades defendem “a opção por escolhas científicas, políticas e modelos sociais” baseados no “diálogo maduro, corresponsável” e na “busca por soluções conjuntas para o bem comum”.

Leia também:

Limparam até as minhas gavetas, diz Mandetta ao anunciar permanência na Saúde 

(*) Com informações do Estadão Conteúdo

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias