3º Juizado Especial Cível promove novo mutirão de audiências descentralizadas

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

4 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

3º Juizado Especial Cível promove novo mutirão de audiências descentralizadas

A quarta edição do projeto ‘Justiça Eficaz’ foi realizado pelo TJAM em parceria com o Centro Universitário Fametro

3º Juizado Especial Cível promove novo mutirão de audiências descentralizadas
(Foto: TJAM/Fábio Melo)

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), por meio do 3º Juizado Especial Cível, realizou na sexta-feira, 6, a quarta edição do mutirão de audiências do projeto ‘Justiça Eficaz’, realizado em parceria com o Centro Universitário Fametro. As audiências foram realizadas na sede da instituição de ensino, na Avenida Constantino Nery, zona sul da capital, sob a coordenação do juiz Luís Cláudio Chaves.

Medalha

A Câmara Municipal de Manaus realizou sessão solene de outorga da Medalha de Ouro Cidade de Manaus aos coronéis Claudenir dos Santos Barbosa, Clécio de Assis Silva de Sales e Cledemir Araújo da Silva. A propositura tem autoria dos vereadores Fred Mota, Cláudio Proença e Mauro Teixeira.

Visita

Em vídeo gravado ao lado do governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou, neste domingo, 8, que ninguém ganha eleição sozinho. Doria afirmou que fez uma visita a FHC para discutir o papel do que chamou de novo PSDB.

Tratamento

O sentimento no Itamaraty é de impotência na crise do aço. Após ter aberto mão de tratamento preferencial na OMC, do apoio ao embargo contra Cuba e da isenção de vistos, o Brasil não tem muito mais o que oferecer em troca de um recuo. Os EUA ameaçam aumentar alíquota do aço brasileiro alegando aumento do valor do dólar.

 

Veja a primeira parte da Coluna Cenário

 

(*) Com informações do Grupo Diário

 

(*) Publicada, simultaneamente, na Coluna Claro&Escuro do Jornal Diário do Amazonas

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading