Adail Pinheiro sai dos bastidores das eleições de Coari - Amazonas1
25 de novembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Adail Pinheiro sai dos bastidores das eleições de Coari

Em 2018, Adail Pinheiro, foi condenado a mais de 57 anos de prisão pela Justiça Federal após a 'Operação Vorax'

Adail Pinheiro sai dos bastidores das eleições de Coari
Foto: Reprodução

O ex-prefeito de Coari, Adail Pinheiro apareceu, nesta quarta-feira, 22, em uma foto ao lado da filha, a deputada estadual Mayara Pinheiro (PP). Segundo a publicação feita nas redes sociais da parlamentar, ele participou de reunião com a vereadora de Coari, Jeany Pinheiro e o secretário municipal de Segurança Pública e Defesa Social, William Mendonça.

Adail Filho, filho de Adail Pinheiro, é o atual prefeito de Coari.

Leia mais: Adail Pinheiro é recebido com carreata em Coari após seis anos longe da cidade

“Na pauta, a implantação do Programa de Segurança Pública Municipal Integrada, o qual possui dentre alguns pontos, a liberação para o uso de arma de fogo por parte da Guarda Civil Municipal. Haja vista que, no início do mês de julho de 2020, mais um passo foi dado com a aprovação do estatuto da GCM. Assim, o Município de Coari vira precursor no âmbito estadual, na regulamentação do órgão municipal, tornando-o apto a firmar convênios e parcerias com demais instituições”, escreveu Mayara Pinheiro.

‘Operação Vorax’

Em fevereiro deste ano, Adail Pinheiro retornou à cidade após conseguir habeas corpus para deixar a cadeia em Manaus. Em 2018, ele foi condenado a mais de 57 anos de prisão pela Justiça Federal, acusado de comandar um esquema criminoso envolvendo licitações e convênios no município, revelados na operação “Vorax”.

Leia Mais: ‘‘Volto com o coração cheio de amor’, diz Adail Pinheiro em vídeo

Na ocasião, ele foi recebido por uma grande carreta na cidade com direito a fogos de artifícios e a presença também de Mayara.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading