Alberto Neto não se dá por vencido e diz que terá apoio de Bolsonaro no 2º turno - Amazonas1
2 de dezembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Alberto Neto não se dá por vencido e diz que terá apoio de Bolsonaro no 2º turno

Bolsonaro confirmou que seu apoio será para Coronel Menezes. Alberto Neto disse que espera o apoio do presidente em uma virtual presença no 2º turno

Alberto Neto não se dá por vencido e diz que terá apoio de Bolsonaro no 2º turno
Foto: Reprodução

O candidato a prefeito de Manaus, deputado federal Alberto Neto (Republicanos), não se deu por vencido após perder o apoio do presidente Jair Bolsonaro, no 1º turno das eleições. Na última quinta-feira (22), Bolsonaro confirmou que seu apoio será para Coronel Menezes.

Eleições

Alberto Neto, que é um dos vice-líderes do governo federal na Câmara dos Deputados, disse que espera o apoio do presidente em uma virtual presença no 2º turno. O deputado também desqualificou a escolha de Bolsonaro por Menezes, afirmando ter sido uma forma de amenizar a demissão dele da superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

Leia mais: ‘Em Manaus, o meu candidato é o Coronel Menezes’, diz Bolsonaro

“Sou da base do presidente Bolsonaro, disso ninguém tem dúvida, sou vice-líder do governo na Câmara, defendo os mesmos valores do presidente como Deus, família, e estamos conduzindo nossa campanha com verdade, transparência e compromisso com as pessoas. Tenho uma boa relação com o presidente, que já me garantiu que vai entrar de cabeça na nossa campanha no segundo turno. Vejo essa declaração como uma maneira do presidente amenizar a demissão do Menezes da Suframa, pela relação que eles têm”, comentou Alberto Neto.

Cenário

De acordo com as últimas pesquisas eleitorais, divulgadas pelos institutos Pontual e DMP/Tiradentes, Alberto Neto vai precisar de ajuda para chegar ao 2º turno. O candidato até surge na frente de Coronel Menezes, com diferenças que variam entre 1 a 2 pontos, tecnicamente empatados. Estando em 5º nas intenções de voto do eleitorado.

O desafio de chegar lá se torna ainda maior ao ter um rival contando com o apoio do presidente. Um apoio que o próprio deputado confia ser capaz de o levar a ser eleito prefeito de Manaus. Agora, além dos 10 adversários, o capitão da PM terá de vencer a aliança firmada entre o coronel e o capitão do Exército.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading