Amazonino quer melhoria da iluminação pública, mas evita reclamar do consórcio Manaus-Luz - Amazonas1
3 de dezembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Amazonino quer melhoria da iluminação pública, mas evita reclamar do consórcio Manaus-Luz

A concessão do sistema de iluminação pública foi realizada por Amazonino em seu último mandado como prefeito, entre 2009 e 2012

Amazonino quer melhoria da iluminação pública, mas evita reclamar do consórcio Manaus-Luz
Foto: Divulgação

O candidato a prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (Podemos), recentemente divulgou que um dos planos de seu governo é a melhoria do sistema de iluminação pública, porém, não criticou o consórcio Manaus-Luz. A concessão foi contratada por ‘Negão’, no último mandato dele como prefeito, entre 2009 e 2012.

Por isso, Amazonino, apesar de cobrar maior cobertura da iluminação pública, não crítica o consórcio.

O consórcio Manaus-Luz foi uma herança deixada por Amazonino para o prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB). Arthur, quando assumiu o cargo, reclamou que o contrato era falho, porém, manteve o consórcio e neste ano acabou por renová-lo por mais 15 anos. O valor do contrato é de quase R$ 1 bilhão.

Leia mais: Novo prefeito herdará dívida bilionária de Arthur com empresas de iluminação

Amazonino Mendes, quando questionado se iria revisar tal contrato, fugiu da questão. O candidato apenas se limitou a dizer que vai cobrar investimentos do consórcio.

“É evidente que precisa ir além, avançar e chegar mais longe nos bairros onde ainda há deficiência. A iluminação é importante para melhorar a segurança pública e tudo que ela pode trazer junto, como o desenvolvimento econômico e social na cidade. Nós vamos cobrar esses investimentos da empresa que detém o contrato com a prefeitura”, disse Amazonino, por meio de nota.

Amazonino também desviou de perguntas sobre quais áreas e bairros estão sem cobertura do sistema de iluminação pública e preferiu não questionar a durabilidade do novo acordo com o consórcio por mais 15 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading