Arthur agradece a ajuda de Greta e o reconhecimento de Marina Silva
25 de janeiro de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Arthur agradece a ajuda de Greta e o reconhecimento de Marina Silva

A ambientalista e a ex-ministra prestaram solidariedade aos povos da Amazônia e reconheceram as consequências da Covid-19 para a população

Arthur agradece a ajuda de Greta e o reconhecimento de Marina Silva
Foto: Reprodução/ Facebook

Arthur Virgílio Neto divulgou, neste domingo, 07, vários vídeos em sua rede social agradecendo as palavras de Marina Silva sobre as atitudes do Bolsonaro contra ele, além de agradecer à ambientalista Greta Thumberg por pedir ajuda para os povos  da Amazônia.

A ex-ministra e professora Marina Silva participou, neste domingo, 07, de um debate na Globo News sobre a democracia e as atitudes tomadas pelo governo federal no combate à covid-19. Em um trecho, ela lembra do fato de Bolsonaro insultar Arthur por abrir valas para enterrar as vítimas do novo coronavírus.

“A sociedade está vendo o que está acontecendo, o presidente da República agredindo [verbalmente] o Arthur Virgílio por não esconder as imagens de pessoas sendo enterradas em valas, por isso eles [governo federal] estão querendo esconder os dados, isso é um crime de responsabilidade”, disse Marina Silva.

O prefeito de Manaus agradeceu as palavras da ex-candidata à Presidência da República. “Agradeço as palavras da querida Marina Silva, um exemplo de pessoa comprometida com a causa ambiental e o bem comum. Foi um debate muito oportuno, no dia em que se comemora a Liberdade de Imprensa, em defesa da democracia e unindo todos os brasileiros que rejeitam o fascismo que Bolsonaro encarna”, escreveu.

Greta Thumberg

A ambientalista Greta Thumberg lançou, na última sexta-feira, 05, a campanha SOS Amazônia que pretende arrecadar dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, para ajudar comunidades tradicionais do território amazônico a combater a covid-19.

“Precisamos ajudar as populações rurais e urbanas a conter a propagação do vírus e, portanto, evitar a destruição do coração da Amazônia. A emergência climática é o maior desafio da nossa geração. Se não agirmos agora, as consequências serão devastadoras. A morte dos povos nativos da Amazônia será uma perda com consequências globais. Por favor, Salve a Amazônia”, escreveu a ambientalista.

O prefeito de Manaus agradeceu a atitude da jovem ambientalista por reconhecer que o vírus é uma ameaça para a população amazônica. “Suas palavras sobre nossas populações tradicionais tocam o meu coração fortemente […], as pessoas não têm defesa. Sou muito grato pela atitude que teve em nos responder e se engajar na luta para que possamos salvar vidas dos nossos indígenas. São jovens que entendem melhor a grave situação que estamos passando do que alguns governantes que deveriam estar liderando essa crise no Brasil “, disse Arthur.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading