Cidadania prepara ação para tomar mandato de Saullo Vianna

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

14 de julho de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Cidadania prepara ação para tomar mandato de Saullo Vianna

Deputado estadual foi o nono mais votado no pleito de 2018, com 27.880 votos. Ele foi expulso do Cidadania, antigo PPS, acusado de infidelidade partidária

Cidadania prepara ação para tomar mandato de Saullo Vianna
Deputado Saullo Vianna é um dos vice-líderes de Wilson Lima na Assembleia Legislativa do Amazonas (Foto: Divulgação)

A direção do Cidadania, antigo PPS, prepara uma ação eleitoral (representação) para requerer o mandato do deputado estadual Saullo Vianna, eleito com 27.880 votos para o primeiro mandato em 2018 pelo partido. De acordo com o presidente da sigla, Elcy Barroso, o documento está sendo finalizado e vai ser protocolizado no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) nos próximos dias.

Vianna foi expulso do partido no início deste mês durante reunião interna da direção e filiados. O Cidadania alega que o deputado estadual desobedeceu uma orientação interna de que o partido não iria compor a base aliada do governador Wilson Lima (PSC), na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam).

O parlamentar não só integra a base, como é um dos vice-líderes de Lima no Legislativo estadual e está presente em todas as atividades públicas do governo, seja ao lado do governador seja ao lado do vice-governador, Carlos Almeida Filho. No feriado da República nesta sexta-feira, 15, por exemplo, Saullo Vianna estava na comitiva do vice em evento no município de Itacoatiara (a 170 quilômetros de Manaus).

O Cidadania está convicto de que vai reaver o mandato para poder empossar o suplente, o ex-secretário de Segurança do governo Amazonino, Amadeu Soares, e que garante que há jurisprudência nesse sentido.

Chances mínimas

Mas, para o advogado eleitoral Yuri Dantas, o partido pode até entrar com a ação, mas as chances de ganhar são mínimas. Segundo ele, a perda do mandato por infidelidade só acontece se o político se desfiliar no curso do mandato. “Expulsão e desfiliação são coisas diferentes”, frisou Dantas.

O advogado relembrou que caso semelhante, inclusive do mesmo partido, já foi julgado na Justiça Eleitoral e favoráveis aos políticos que estavam sendo processados por infidelidade partidária e que foram expulsos da sigla, a exemplo dos vereadores Professor Samuel e Professora Jacqueline, que eram do antigo PPS.

Novo partido

Afirmando estar “tranquilo” quanto a situação em que enfrenta internamente no seu ex-partido, Saullo Vianna revela que tem recebido convites de alguns partidos para se filiar, a exemplo do PL, conduzido em Manaus pelo deputado federal Marcelo Ramos.

“Eu fico muito feliz, muito satisfeito pelos convites que tenho recebido (…) Estamos aguardando as definições, confiando em Deus e na Justiça, para escolher qual vai o melhor caminho que vamos seguir quanto à questão partidária”, disse o deputado por meio de sua assessoria de imprensa.

O mandato de Saullo vem sendo ameaçado deste antes de assumir a vaga na Assembleia Legislativa. Em dezembro de 2018, ele foi preso e encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino II (CDPM II), no Km 8 da BR-174 (Manaus-Boa Vista) em operação da Polícia Federal que investigava a prática de crimes de corrupção eleitoral e de associação criminosa do então deputado eleito. Ele foi solto quatro dias depois.

O parlamentar também teve sua prestação de contas referentes à sua campanha eleitoral reprovadas pela corte do Tribunal Regional Eleitoral, em dezembro do ano passado, às vésperas da diplomação dos eleitos.

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias