CMM discute fechamento de comércios durante sessão virtual
A + A -

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

31 de maio de 2020
Site auditado pelo

Redes Sociais

[email protected]

CMM discute fechamento de comércios durante sessão virtual

Os parlamentares levaram até a sessão na CMM o debate sobre a fiscalização, que tem sido intensificada desde a última sexta-feira.

CMM discute fechamento de comércios durante sessão virtual

Durante a manhã desta segunda-feira, 06, em sessão virtual da Câmara Municipal de Manaus (CMM), os vereadores discutiram sobre o isolamento social unilateral e fechamento de comércios em Manaus.

“Não podemos fechar o comércio, sem antes darmos uma cesta básica para o trabalhador de comércio informal. O governador não está pensando nisso. O governador está perdido.”, disse o vereador Elissandro Bessa, líder do SD.

Os parlamentares levaram até a sessão da CMM o tema sobre a fiscalização que tem sido intensificada desde a última sexta-feira, 3, em que a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) e a Polícia Militar, em ação conjunta, fizeram valer o decreto assinado pelo governador Wilson Lima, em que apenas comércios de serviços essenciais podem exercer atividades.

Dados

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), pelo menos 2.600 comércios foram fiscalizados durante o fim de semana.

“Estamos recebendo denúncias da população que faz parte da classe de pequenos comerciantes, que estão recebendo fiscalizações arbitrárias. Esses comércios não fazem aglomerações, lojas como o “fuxico” na Zona Leste, esse comércio não faz aglomeração. Precisamos focar essa fiscalização em empresas grandes como as presentes no distrito industrial. Ai vem um governo que não tem gestão e ainda ataca o comerciante. Vai acontecer o que eu tenho dito, essa pandemia pode acabar com microempresas” declarou o vereador Diego Afonso (PSL).

“Com todo respeito ao Fuxico e aos meus colegas em sessão, mas aquele comércio, aquela região coloca pessoas nas ruas como formigas. Olha só a aglomeração que ele causa. Vejam o que está acontecendo na Europa, aí fora. A virose é transmitida em aglomerações, as pessoas na zona leste vão até esse comércio, é pessoa na rua. Podemos e temos que apontar aqui diversas incapacidades administrativas do governador mas não podemos pegar na mão dele e governar o Amazonas. O dever do estado é proteger o cidadão.” defendeu o Gedeão Amorim, líder do MDB.

 

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias