CMM só vai discutir falta de oxigênio se afetar rede municipal de saúde - Amazonas1
24 de fevereiro de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  31oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

CMM só vai discutir falta de oxigênio se afetar rede municipal de saúde

Presidente da CMM, vereador David Reis, afirma que o problema atual é na rede estadual e que a Aleam deve auxiliar o Estado

CMM só vai discutir falta de oxigênio se afetar rede municipal de saúde
Foto: Robervaldo Rocha / CMM

O problema da falta de oxigênio da rede hospitalar pública e privada em Manaus não deve ser discutida pelos vereadores da Câmara Municipal (CMM). Segundo o presidente do Parlamento, vereador David Reis (Avante), essa dificuldade no abastecimento ocorre na rede pública estadual de saúde e os vereadores só devem atuar caso a rede municipal seja afetada.

David Reis afirmou ao Portal AM1 que a CMM não tem estrutura para atuar como um órgão auxiliar do governo estadual e que essa atividade é exclusiva da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

“Os hospitais que estão com falta de oxigênio são de responsabilidade do Estado e, discutir auxílio, é totalmente inerente à Aleam. A CMM não tem como ser órgão auxiliar do governo. Graças a Deus, o prefeito David Almeida conseguiu manter o estoque de oxigênio na rede municipal de saúde”, declarou o presidente da CMM.

O vereador acrescentou que os vereadores estão tirando dinheiro do próprio bolso para ajudar as pessoas que vão até eles, mas destaca que muitos parlamentares optam por não divulgar essas ações nas redes sociais.

Leia mais: Após uma semana da crise de oxigênio, deputados do Amazonas decidem acordar para o problema

“O que eu posso fazer é ajudar tirando do meu bolso, assim como outros vereadores, isso nós estamos fazendo. Cada um está ajudando a quem nos procura. Acontece que tem vereador que divulga nas redes sociais e outros que nem usam. Eu escolhi não divulgar, pois sempre fiz o que pude com o sentimento humanitário”, disse David Reis.

O presidente da CMM acrescenta que, neste momento, ele e os vereadores decidiram resguardar a vida dos servidores da Casa Legislativa com fechamento dos gabinetes e de todas as demais dependências.

“A decisão que nós tomamos foi de resguardar a saúde dos funcionários da Câmara. Todos os vereadores informaram o fechamento de seus gabinetes e eu decidi fechar tudo”, enfatizou.

Sobre a possibilidade de os vereadores destinarem recursos da CMM para auxiliar o governo, David Reis salientou que não é responsável por gerir sozinho a verba destinada à Câmara.

Leia mais: Vereador doa metade do salário para compra de cilindros de oxigênio em Manaus

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading