Coronel Menezes desafia Omar Aziz e antecipa disputa pelo Senado em 2022 - Amazonas1
22 de janeiro de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Coronel Menezes desafia Omar Aziz e antecipa disputa pelo Senado em 2022

Menezes confia que o senador, por estar associado à Operação Maus Caminhos, não será reeleito em 2022

Coronel Menezes desafia Omar Aziz e antecipa disputa pelo Senado em 2022
Fotos: Márcio Silva/Portal Amazonas1 e Agência Brasil

O ex-superintendente da Suframa, Coronel Menezes (Patriota), confirmou que no início do mês de dezembro, já na próxima semana, vai lançar o projeto de candidatura majoritária para 2022. Após a votação alcançada nas eleições para prefeito de Manaus no 1º turno, Menezes confia que esse resultado foi uma demonstração de que o eleitor o quer como uma nova liderança política.

Menezes concedeu entrevista ao Portal AM1, nesta sexta-feira (27), e aproveitou a oportunidade para dizer que gostaria de ser candidato ao Senado em 2022.

“A partir de 1º de dezembro, nós vamos lançar oficialmente o projeto ‘CM 22: Coronel Menezes 2022’. Nós queremos avisar logo, de uma maneira inédita, que nós iremos concorrer a um cargo majoritário em 2022. Essa já é uma decisão tomada pelas nossas lideranças e por mim. Nós iremos concorrer para o Governo do Estado ou ao Senado Federal. Se me perguntassem agora, eu gostaria de concorrer ao Senado”, anunciou o ex-candidato a prefeito de Manaus.

Leia mais: Nejmi Aziz: da prisão ao sonho do foro privilegiado

O coronel afirmou ter certeza que o atual senador que estará encerrando seu mandato em 2022, Omar Aziz (PSD), não será reeleito e que tem a intenção de confrontá-lo para expor que o ex-governador tem o seu nome associado  à Operação Maus Caminhos.

“Eu gostaria de confrontar o senador da Maus Caminhos numa eleição, hoje. Eu não tenho dúvida que este daí está fora do jogo, fora do Senado”, avalia Menezes.

Menezes ainda disse que a decisão final sobre sua candidatura dependerá do presidente Jair Bolsonaro.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading