Dados de audiência sobre escolas da PM são entregues
22 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Dados de audiência sobre escolas da PM são entregues

Audiência Pública ouviu o relato de pais, professores e alunos sobre as denúncias de assédio moral e sexual nos Colégios Militares da PM

Dados de audiência sobre escolas da PM são entregues
(Carlos Bolívar/Amazonas1)

A Assembleia Legislativa do Estado (ALE) encaminhou aos órgãos de Segurança Pública, do Judiciário e à Secretaria Estadual de Educação (Seduc), cópias da gravação integral da Audiência Pública que ouviu o relato de pais, professores e alunos sobre as denúncias de assédio moral e sexual nos Colégios Militares da Polícia Militar do Amazonas.

A iniciativa foi da deputada estadual Therezinha Ruiz (PSDB), que afirmou se tratar de um compromisso assumido com as autoridades que participaram da audiência e que manifestaram preocupação com as ocorrências envolvendo alunos, pais, professores e servidores administrativos.

Durante o evento, pais e professores pediram a apuração dos casos de assédio moral e sexual nos colégios administrados pela PM. Na ocasião, foi proposto um acordo de cooperação para tratar da questão e por um fim às irregularidades denunciadas. Além da prática de assédio moral e sexual, as mães de alunos também reclamaram da situação precária no CPM 1, com falta de equipamentos pedagógicos e de material de higiene e limpeza.

Denúncia

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) arquivou uma notícia de fato anônima que chegou ao órgão que faz parte do Ministério Público do Amazonas (MP-AM), denunciando que tem se espalhado por Manaus empresas de vigilância clandestinas, sem CNPJ, e que estariam sendo comandadas por líderes do tráfico, para arrecadar dinheiro para as atividades ilícitas.

Descartada

Em aviso publicado no Diário Oficial do MP-AM, o Gaeco informa ter feito diligências e questionado órgãos financeiros sobre os denunciados e verificou que a denúncia era inconsistente, decidindo pelo seu arquivamento.

Bicicleta

Um projeto de lei na Câmara Municipal de Manaus (CMM) quer tornar obrigatório o registro do número de série de bicicletas em notas fiscais emitidas ao consumidor. O objetivo é dar maior segurança aos consumidores quando efetivam suas compras em Manaus.

Acesse a primeira parte da Coluna Cenário desta segunda-feira, 4.

(*) Com informações do Grupo Diário do Amazonas

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading