David Almeida diz que Amazonino foge de debate por jogada de marketing - Amazonas1
26 de novembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

David Almeida diz que Amazonino foge de debate por jogada de marketing

David revelou que está sendo vítima de uma "corrente do mal" comandada por Eduardo Braga e Amazonino, que intensificou os ataques contra ele e sua família

David Almeida diz que Amazonino foge de debate por jogada de marketing
Foto: Divulgação

Durante debate promovido pela Band Amazonas na noite da última quinta-feira (19), David Almeida disse que a ausência de Amazonino Mendes no programa foi uma estratégia de marketing. Para David, a equipe do adversário tenta esconder a fragilidade do candidato do Podemos e a relação dele com o senador Eduardo Braga (MDB), que é uma das siglas que compõem a coligação de Amazonino nestas eleições.

“É uma estratégia de marketing da equipe do Amazonino. Porque a cada aparição do Amazonino, ele demonstra que pra tudo e pra todos chegou a hora de parar, essa é a realidade. Manaus precisa ser administrada por alguém que tenha capacidade, que tenha competência. E nesse momento, eu e Marcos Rotta reunimos as condições necessárias para resolver os problemas da cidade de Manaus. Com todo respeito, eu não vejo nele (Amazonino), nesse momento, as condições necessárias para poder resolver os problemas de hoje”.

Leia mais: OFF: Amazonino não vai participar de debate da TV Band

David continuou pontuando que a capital amazonense precisa de alguém que esteja presente. “Manaus precisa de um prefeito que visite uma UBS, que visite e ande de ônibus, um prefeito que vá para a escola, um prefeito que esteja presente pra saber o problema de infraestrutura de cada bairro”, disse.

No debate, que acabou virando entrevista, pela ausência de Amazonino, David reafirmou seu compromisso de cuidar das pessoas, dos jovens e da infraestrutura da cidade.

Vítima de ataques

Depois de pontuar algumas das principais ações do seu Plano de Governo, David Almeida revelou que está sendo vítima de uma “corrente do mal” comandada pelo senador Eduardo Braga e Amazonino Mendes, que intensificou os ataques contra ele e sua família agora, após a sua passagem para o segundo turno.

“Eles estão querendo, mais uma vez, enganar o eleitor, dizendo que a minha candidatura tem apoio dos caciques. Não tenho apoio de ninguém, só do povo”, assegurou, lembrando que Wilson Lima foi criação do Amazonino, para tirar voto dele na eleição passada, e que o Amazonino foi ressuscitado pelo senador Omar Aziz (PSD). “Eu estou há três eleições combatendo todo mundo. O Arthur e o Braga estão apoiando o Amazonino. Eu fui convidado três vezes para ser vice do Amazonino, mas não aceitei, porque eu não quero resolver o meu problema, mas sim o das pessoas que moram na periferia da nossa cidade”, afirmou.

 

(*) Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading