US - R$ 4,13

×

Democratas pede recontagem de votos ao TRE após cassação de vereadores do PL

Partido divulgou nota em que cita a decisão da Justiça Eleitoral que declarou nulo os votos atribuídos ao Partido Liberal

Decisão da Justiça Eleitoral que cassou os mandatos dos vereadores cabe recurso (Foto: Divulgação)

A decisão da Justiça Eleitoral que cassou os mandatos de quatro vereadores do PL, que atuam na Câmara Municipal de Manaus (CMM), causou uma reação imediata do Democratas. Em documento divulgado na quarta-feira, 21, o partido ressalta que a decisão da juíza Kathleen dos Santos Gomes, da 37ª Zona Eleitoral, declarou nulo os votos atribuídos ao PL e determinou a distribuição dos mandatos, nos termos do artigo 109, do Código Eleitoral.

Com base nisso, o DEM solicitou à Justiça Eleitoral a recontagem dos votos para o cargo de vereador relativo ao pleito de 2016.

Naquela eleição, o Democratas elegeu três vereadores: Therezinha Ruiz, Ewerton Assis e Robson Teixeira.

Os vereadores cassados do PL foram: Sargento Bentes Papinha; Fred Mota; Mirtes Salles e Claudio Proença. A decisão condenou os vereadores e se estendeu ainda à deputada estadual Joana Darc, que se elegeu vereadora pelo partido em 2016. Todos também ficaram inelegíveis por 8 anos.

Faça um comentário