'Eu torço para que a Lei do Gás vire uma realidade', diz Arthur Neto

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

12 de julho de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

‘Eu torço para que a Lei do Gás vire uma realidade’, diz Arthur Neto

O Projeto de Lei 153/2020 é de autoria do deputado Josué Neto (PRTB)e determina o fim do monopólio da distribuição do gás natural visando baratear os custos do gás natural.

‘Eu torço para que a Lei do Gás vire uma realidade’, diz Arthur Neto
Foto: Márcio James / Semcom

Arthur Neto publicou nas suas redes sociais um vídeo a favor da aprovação do projeto da Lei do Gás na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

“Trata-se de escolher entre um dono ou muitos colaborando para o progresso da nossa região”, disse o prefeito.

“Muitas empresas, centro de pesquisas, seria uma movimentação muito grande para a economia do nosso estado. Eu torço para que a Lei do Gás vire uma realidade”, destacou.

O Projeto de Lei 153/2020 é de autoria do deputado Josué Neto (PRTB) e determina o fim do monopólio da distribuição do gás natural.

O PL visa baratear custos do gás natural e baratear o custo do GNV, da geração de energia elétrica e ajudar na retomada da produção industrial no Estado.

A indústria terá preços mais adequados ao mercado mundial pelo fornecimento de gás.

“A Lei do Gás é votada amanhã [na Aleam], aqueles que votarem a favor da Lei do Gás estarão votando a favor de investimentos e geração de empregos fartos no Amazonas, em vez de termos esse medíocre monopólio do gás que é representado por um esperto empresário baiano. Eu dou minha opinião como cidadão, votar na Lei do Gás é votar a favor do crescimento do Amazonas”, disse

Leia mais: MBC pede celeridade na sanção da Lei do Gás no Amazonas

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias