Joana Darc acusa Cidade de apoiar ‘golpe’ por não ter recebido apoio para ser presidente da Casa - Amazonas1
18 de janeiro de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Joana Darc acusa Cidade de apoiar ‘golpe’ por não ter recebido apoio para ser presidente da Casa

O conflito acalorado na tribuna da Aleam se dá devido a aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que prevê antecipar a eleição da Mesa Diretora

Joana Darc acusa Cidade de apoiar ‘golpe’ por não ter recebido apoio para ser presidente da Casa
Foto: Reprodução

Em pronunciamento nesta quinta-feira (03), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), a deputada Joana Darc (PL) acusou o deputado Roberto Cidade (PV) de compactuar com “golpe” em razão de ele não ter recebido apoio para ser presidente da Casa Legislativa.

O conflito acalorado na tribuna da Aleam se dá devido à aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que prevê antecipar a eleição da Mesa Diretora.

Leia mais: Joana Darc sugere que reunião da CCJ na Assembleia foi fantasma

Segundo a deputada, ela e nem outros parlamentares foram convocados para a reunião na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que tratou da PEC.

Insistentemente, Joana Darc acusou o deputado Roberto Cidade de compactuar com a situação em questão, a qual ela e a deputada Alessandra Campêlo (MDB), também contra a PEC, chamaram de “golpe”.

Leia mais: Alessandra afirma que Josué Neto arma novo golpe para tentar derrubar Wilson Lima

“Fico triste, por exemplo, quando eu vejo o deputado Roberto Cidade, que por conta de não ter apoio da base de governo para ser presidente dessa Casa, está aqui compactuando com isso. A história não perdoa. O que está acontecendo é isso, o deputado Roberto Cidade não aceitou uma outra indicação e está batendo o pé. E está traindo as pessoas que sempre lhe ajudaram. E é muito triste ver isso, viu deputado Roberto Cidade”, disse a deputada.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading