US - R$ 4,13

×

Joana Darc nega cartel, mas confirma ‘alinhamento’ no preço do combustíveis

Membros da CPI dos Combustíveis terão reunião às 14h para definir a divulgação dos resultados das investigações realizadas durante 120 dias.

Joana Darc afirmou que CPI não verificou cartel no preço dos combustíveis. (Foto: TIAGO CORREA / CMM)

Após 120 dias de investigação mais prorrogação do prazo, a deputada Joana Darc (PR), presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Combustíveis, negou o cartel e disse que foi detectado um alinhamento de preços nos valores praticados pelos postos, reafirmando a declaração da relatora, a deputada Alessandra Campêlo (MDB).

Darc também não adiantou novas informações sobre os resultados da CPI, ela prefere se pronunciar apenas após a reunião da comissão que está agendada para hoje, 20, às 14h.
“Não adianta falar algo agora e na reunião decidirmos diferente”, previne a presidente da CPI.

A CPI foi proposta pelo deputado Álvaro Campelo (PP) e que após 120 dias de trabalho declarou que a população ficaria frustrada com o resultado, por isso, defendeu o aumento do prazo.

Faça um comentário