MPF quer frear venda de grãos e gado de suspeitos de atacar indígenas

US - R$ 4,13

×

MPF quer frear venda de grãos e gado de suspeitos de atacar indígenas

A iniciativa é liderada por representantes da 6ª Câmara de Coordenação e tem revisão do Ministério Público Federal (MPF)

(Foto: Arquivo Diário)

Procuradores federais propuseram nesta quinta-feira (14) a comerciantes de grãos e frigoríficos que deixem de comprar matéria-prima de fornecedores acusados de crimes contra as populações nativas. A iniciativa é liderada por representantes da 6ª Câmara de Coordenação e tem revisão do Ministério Público Federal (MPF).

Intervenção

Uma ação civil pública foi ajuizada para regular a transição da gestão do Hospital Universitário Francisca Mendes (HUFM), que deverá ser assumida pelo Estado do Amazonas e não mais pela Fundação de Apoio Institucional Rio Solimões (Unisol).

Autores

A proposta foi apresentada pelos Ministérios Públicos Estadual (MP-AM), Federal (MPF-AM), e de Contas do Amazonas (MPC-AM), nesta quarta-feira (13), contra a União, o Estado do Amazonas e a fundação. Desta forma, fica proibida a descontinuidade dos serviços da unidade de saúde, referência em cardiologia no Estado.

Votação transparente

Os deputados da Assembleia Legislativa do Estado promulgaram 10 matérias legislativas, além da apreciação de 24 matérias, entre elas uma que alinha o regimento interno da Casa à Constituição Estadual. A proposta foi de Ricardo Nicolau (PSD).

Com os árabes

O governador Wilson Lima recebeu membros do Conselho dos Embaixadores Árabes no Brasil. A visita oficial busca possibilidades de parcerias, investimentos e negócios.

Presidente do TCE

Com menos de dois meses como presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE), o conselheiro Mário de Mello foi reeleito na diretoria da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon). A reeleição foi em Foz do Iguaçu, no Paraná.

 

*Com publicação simultânea no jornal Diário do Amazonas e Portal D24AM

Faça um comentário