O jornalismo amazonense perde Cristiano Góes

US - R$ 5,25

×

O jornalismo amazonense perde Cristiano Góes

Cristiano era cearense, natural de Fortaleza, e formou-se em jornalismo pela Universidade Nilton Lins e tinha mais de 20 anos de atuação profissional

Faleceu na tarde desta terça-feira, 18, o jornalista e empresário Cristiano Pereira Góes. Ele deixa a esposa, também jornalista, Giordana Feitoza, a filha de 16 anos, familiares e amigos com a saudade e a lembrança do seu sorriso sempre amável.

A esposa, Giordana Feitoza, em grupos de amigos de Cristiano agradeceu as mensagens de amparo e as orações dos amigos. “Gente só quero agradecer a todos pelas mensagens, ligações. Cristiano amava ser jornalista, tinha muito orgulho. Nessa hora, só quero agradecer. Obrigada e perdão aos que não pude atender. Está muito difícil pra mim. Mas, obrigada”, diz a mensagem. 

O velório de Cristiano Góes será na Funerária Egípcia, na rua Visconde de Porto Seguro no Parque das Laranjeiras, a partir das 9h desta quarta-feira, 19.

Profissional

Irmão da jornalista Cristina Magda, Cristiano era cearense, natural de Fortaleza, e formou-se em jornalismo pela Universidade Nilton Lins. Tinha mais de 20 anos de atuação profissional no Amazonas.

Conhecido pelos colegas por ser parceiro e alegre, atuou no jornal e TV A Crítica, TV Amazonas, entre outros veículos em Manaus.

Tornou-se empreendedor há 14 anos, no segmento de comunicação, com o programa de Televisão Roteiro Amazônico, que também chegou a ter edição em revista impressa e, atualmente, portal, além de canal no YouTube, onde atuava em parceria com a esposa, Giordana Feitoza.

Saudade

Em nota a presidente do Sindicato dos Jornalistas do Amazonas, Dora Tupinambá, lamentou a morte de Cristiano. “Um querido profissional que deixará saudades em todos aqueles que tiveram o privilégio de compartilhar da sua companhia”, afirmou Dora.

O prefeito de Manaus, Arthur Neto, também manifestou pesar pelo falecimento de Cristiano. “O que iremos guardar é a alegria e o sorriso pacato do companheiro Cristiano. Do seu comprometimento profissional e da pessoa amiga que foi. Nos solidarizamos com sua família e amigos nesse momento de profunda tristeza”, disse Arthur, que irá decretar luto oficial na capital.

Leia mais em: Arthur lamenta a morte do jornalista Cristiano Góes: ‘profissional e pessoa amiga’

A perda repentina de Cristiano Góes tomou os amigos de surpresa.

“O Cristiano era uma pessoa extremamente inteligente. Quando a gente se encontrava nas pautas conversávamos em francês. Falávamos também sobre a igreja, de como o papel da Igreja era fundamental para quem estava enfrentando uma doença como a depressão. Ele chegou a me dizer que Deus era fundamental para resolver todos os problemas, que se sentia muito feliz com a sua esposa e com sua filha”, relembra a jornalista Meriane Jeffreys.

A jornalista Ed Blair lembra da tranquilidade e o orgulho que Cristiano tinha de ser um comunicador. “Nos conhecemos na TV Amazonas na primeira vez que lá trabalhei. Era um cara tranquilo, dedicado, tinha orgulho da profissão. Recentemente nos falamos em dois eventos e o tratamento sempre o mesmo. Sempre cortês. Vou sentir sua falta! Que Deus console a todos”, disse Ed.

Lane Gusmão, jornalista amiga de Cristiano Góes, relembra que a Amazônia sempre foi a paixão das “pautas trabalhadas” que ele sugeria na redação da BAND Amazonas.

“Ele era um grande colega de trabalho. Sempre chegava na redação como uma história, fazia piada, era engraçado e não sabia falar baixo. Corrigia os textos lendo em voz alta e sempre dando um toque de irreverência. Não esqueço dele dizendo: ‘faz a matéria como se fosse uma receita de bolo, explica pra quem tá te ouvindo os detalhes com a tua identidade. Um jeito teu”, disse Lane.

Luto

O Centro Educacional Adalberto Valle, escola onde estuda a filha de Cristiano, decretou luto oficial e só retornará as atividades após o Carnaval. Em nota a direção da escola manifesta seu pesar pela perda do pai de uma de suas alunas e pede que não sejam compartilhadas Fake News nem boatos sobre as circustâncias da morte de Cristiano.

“É com pesar que informamos que, nesta terça-feira, por volta das 12h, houve uma fatalidade envolvendo um pai de um dos nossos alunos. Imediatamente ao fato, foi acionado o SAMU e demais autoridades que passaram a adotar as medidas cabíveis. Ressaltamos que nossos alunos estiveram a todo momento preservados do ocorrido, e que estamos prestando apoio espiritual e psicológico aos familiares”, diz trecho da nota.

A família, em luto, ainda não divulgou o horário e local de onde ocorrerá o velório.

A equipe do site Amazonas1 lamenta profundamente a perda do colega e amigo Cristiano Góes e pede em oração que Deus conforte seus familiares.

Faça um comentário