Por abuso de poder, prefeito e vice de Presidente Figueiredo são cassados

US - R$ 4,38

×

Por abuso de poder, prefeito e vice de Presidente Figueiredo são cassados

Segundo o Tribunal, os dois vão permanecer nos cargos até que se esgote as possibilidades de recursos na instância. Confira a decisão

Romério e Mário (Divulgação)

O prefeito de Presidente Figueiredo, Romeiro Mendonça, e seu vice, Mario Abrahão, ambos do PDT, foram cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) nesta quinta-feira, 26.

Na decisão, consta que os recursos usados pela chapa durante a campanha eleitoral de 2016 seriam ilícitos. No parecer, a relatora, juíza Ana Paula Serizawa Silva Podedworny, classificou como ‘abuso de poder econômico’ o repasse de verbas de pessoas jurídicas para os políticos. 

“A irregularidade contaminou mais de 80% dos recursos movimentados durante a campanha dos recorridos, ou seja, recursos de origem vedada/não identificada foram utilizados para contratação de centenas de cabos eleitorais e fiscais, além de financiar farto material publicitário. Tal cenário evidencia que os recursos foram decisivos para o sucesso dos recorridos no pleito”, diz um trecho do documento.

A decisão foi por maioria, seguindo o voto da relatora. Segundo o TRE-AM, os dois permanecem nos cargos até que se esgote as possibilidades de recurso na instância.

Faça um comentário