Therezinha esquece professores da Seduc e Semed e valoriza educação de Portugal - Amazonas1
1 de dezembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Therezinha esquece professores da Seduc e Semed e valoriza educação de Portugal

Ministro da Educação de Portugal foi convidade para abrir a 13ª Semana de Valorização do Educador na Assembleia

Therezinha esquece professores da Seduc e Semed e valoriza educação de Portugal
Foto: Divulgação - Aleam

A presidente da Comissão de Educação na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputada Therezinha Ruiz (PSDB), escolheu o exemplo da Educação de Portugal para abrir as palestras da 13ª Semana de Valorização do Educador. Exemplos de sucesso em Manaus ou no interior do Estado foram deixados de escanteio pela parlamentar.

Eleições

É compreensível que um bom exemplo possa ser analisado para melhoria do nosso sistema educacional, mas abrir o evento sem valorizar os professores locais, não foi a melhor escolha feita pela parlamentar.

O que a educação no Estado mais precisa é de valorização dos professores da rede pública, principalmente, daqueles que estão na luta diária para reverter os efeitos negativos da pandemia, que levou a interrupção do ano letivo.

De uma só vez, Therezinha desagradou os exemplos de sucesso da Secretaria Estado de Educação e os resultados alcançados por professores premiados da Secretaria Municipal de Educação (Semed) em Manaus.

Leia mais: Professores e técnicos da Seduc-AM serão qualificados para retorno das aulas presenciais

Aliás, os secretários de Educação estadual, Luis Fabián, e municipal, Kátia Helena, estiveram presentes na abertura do evento, para ver e aprender como que se faz em Portugal. O ministro da Educação de Portugal, professor doutor João Costa, foi quem palestrou de forma virtual na Aleam.

Talvez assim, no futuro, as secretarias consigam destaque na abertura da 14ª Semana de Valorização da Educação em 2021.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading