TRE sugere que eleição suplementar no interior do AM seja em outubro

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

5 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

TRE sugere que eleição suplementar no interior do AM seja em outubro

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) informou que sugeriu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que as eleições suplementares dos municípios de Anamã e Novo Airão, ocorram em outubro ou dezembro deste ano. Os prefeitos desses os municípios tiveram os mandatos cassados. Conforme informações do diretor-geral do TRE-AM, Júlio Briglia, a intenção é reduzir custos. […]

TRE sugere que eleição suplementar no interior do AM seja em outubro
A Justiça Eleitoral nova solução para a divulgação das informações. (Foto: Reprodução)

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) informou que sugeriu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que as eleições suplementares dos municípios de Anamã e Novo Airão, ocorram em outubro ou dezembro deste ano. Os prefeitos desses os municípios tiveram os mandatos cassados.

(Foto: Reprodução)

Conforme informações do diretor-geral do TRE-AM, Júlio Briglia, a intenção é reduzir custos. Segundo ele, o Tribunal aguarda resposta do TSE para dar início ao processo de eleição suplementar. Ele disse que ainda não há valor fechado para a realização dessa nova eleição. Por isso, sugeriram realizar os pleitos suplementares na mesma data do geral, e se não for possível, que seja realizado em dezembro.

Em Anamã, o prefeito Raimundo Pinheiro da Silva (MDB), – Raimundo Chicó -, ficou inelegível por oito anos, por ter sido condenado pela prática de abuso de poder econômico.

Já o prefeito de Novo Airão, Wilton Pereira dos Santos (PSDB), foi enquadrado na Lei Complementar nº 64/1990, conhecida como a Lei da Ficha Limpa, por ter sido condenado por improbidade administrativa em 2011, Justiça Federal, em irregularidades de aplicação de recursos federais.

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading