Wilson diz que operação contra deputado Saullo Vianna não é problema do governo - Amazonas1
21 de janeiro de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Wilson diz que operação contra deputado Saullo Vianna não é problema do governo

A Operação 'Ponto de Parada' investiga desvio de recursos do Fundeb em contrato com suspeita de fraude firmado com a Prefeitura de Presidente Figueiredo

Wilson diz que operação contra deputado Saullo Vianna não é problema do governo
Foto: Diego Péres - Secom

O deputado estadual Saullo Vianna (PTB), que é um dos membros da base do governo de Wilson Lima (PSC) na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), foi alvo de operação da Polícia Federal nesta segunda-feira (23). O governador, questionado sobre a operação envolvendo um aliado, disse que o caso não tem relação com o Estado.

“Eu não tenho nada a falar sobre isso, porque não diz relação a mim, não tem relação com o governo do Estado”, comentou o governador durante coletiva de imprensa nesta manhã.

Leia mais: PF mira família de Saullo Viana em operação que apura esquema de R$ 13 milhões

Saullo Vianna teve cumpridos mandados de busca e apreensão em sua residência com a deflagração da Operação ‘Ponto de Parada’. Familiares do parlamentar também foram alvo dos mandados de busca, apreensão e de prisão temporária.

A Polícia Federal junto com a Controladoria-Geral da União (CGU) apura fatos relacionados a possíveis práticas dos crimes de fraude à licitação, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro em contrato de fornecimento de transporte escolar junto à Prefeitura de Presidente Figueiredo.

Os recursos desviados são do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) -cerca de R$ 13 milhões.

Leia mais: ‘Estou à disposição das autoridades para colaborar no trabalho de investigação’, declara Saullo Vianna

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading