Wilson Lima reafirma que pedido de impeachment tem 'interesse político' - Amazonas1

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

11 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

Wilson Lima reafirma que pedido de impeachment tem ‘interesse político’

Em nota, Lima reafirma que a decisão de aceitar o processo foi tomada de forma "solitária" pelo presidente da Assembleia Legislativa

Wilson Lima reafirma que pedido de impeachment tem ‘interesse político’
Foto: (Márcio Silva/Portal AM1)

O governador Wilson Lima (PSC) se manifestou, nesta terça-feira, 7, após a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), por meio do presidente da Casa, Josué Neto (PRTB), decidir dar continuidade ao seu processo de impeachment e de seu vice, Carlos Almeida Filho (PTB).

Em nota, Lima reafirma que a decisão de aceitar o processo foi tomada de forma “solitária” pelo presidente da Assembleia Legislativa, com o claro “interesse de promoção política”, por conta das eleições deste ano. Com isso, Josué Neto usaria o processo de impeachment como manobra eleitoreira na corrida pela prefeitura de Manaus.

A decisão da Casa de dar continuidade no pedido apresentado pelo Sindicato dos Médicos do Amazonas (Simeam), em abril deste ano, foi dado, por meio de sessão virtual, quando as Sessões Plenárias da Aleam foram retomadas, em regime híbrido, nesta semana.

Vale lembrar que o processo do governador e de seu vice já foi barrado pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJAM), por apresentar “vícios” na aprovação do pedido, porém, uma última liminar recuperou a autonomia da Assembleia.

Com a retomada do processo, Josué Neto deu prazo de 24 horas para que os líderes indiquem os membros da Comissão Especial que analisará as denúncias contra Wilson Lima e Carlos Alberto.

No comunicado, o governador afirma que o pedido de impeachment está sob análise jurídica. No entanto, segundo ele, não teria qualquer embasamento. “O pedido de impeachment não apresenta argumentos ou fatos que apontem para crimes de responsabilidade, não tendo, portanto, qualquer amparo legal.”, diz.

Wilson Lima também reafirma que acredita na democracia e pede que o voto da maioria seja respeitado.

Confira nota na integra: 

O governador Wilson Lima afirma que o pedido de impeachment que tramita na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM) está sob análise jurídica. Ele reafirma que a decisão de aceitar o processo foi tomada de forma solitária pelo presidente da Assembleia Legislativa, com o claro interesse de promoção política, tendo em vista as eleições que se aproximam e para com as quais já tornou públicas suas pretensões.

O governador considera, ainda, que o pedido de impeachment não apresenta argumentos ou fatos que apontem para crimes de responsabilidade, não tendo, portanto, qualquer amparo legal. Wilson Lima também reafirma que acredita na democracia e que a decisão da maioria, demonstrada por meio do voto popular, deve ser respeitada.

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading