‘Esses dados divulgados são apenas de alerta’, diz secretário do Meio Ambiente

US - R$ 4,19

×

‘Esses dados divulgados são apenas de alerta’, diz secretário do Meio Ambiente

Eduardo Taveira se refere aos números do Deter, divulgados na sexta, 11, em que diz que houve um crescimento de 96% do desmatamento em setembro deste ano

Eduardo Costa Taveira

Ao comentar os números divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) nesta sexta-feira, 11, em que aponta um crescimento de 96% do desmatamento na Amazônia em setembro deste ano, se comparado com mesmo mês de 2018, o secretário estadual do Meio Ambiente, Eduardo Taveira, afirmou que esses dados não são oficiais e, apenas, de alerta.

Esse monitoramento é feito pelo sistema Deter do Inpe e, conforme frisou o secretário, são de “alertas”. “Os dados oficiais somente serão fechados no final do ano pelo sistema Prodes”, acrescentou Taveira.

Questionado em quais áreas se concentram esse desmatamento, conforme o alerta Deter, o secretário afirma que, em sua maioria, estão concentrados em áreas fora da competência do Estado, de abrangência federal administradas pelo ICMBio e Ibama, por exemplo.

O secretário informou que já está reunido com sua equipe para estudar estes números e identificar quais estratégias irão tomar para frear o avanço do desmatamento no Amazonas. “Estamos analisando esses dados”, frisou Taveira.

Faça um comentário