Aplicativo ajuda extrativistas a gerenciar produção de castanha
A + A -

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

4 de junho de 2020
Site auditado pelo

Redes Sociais

[email protected]

Aplicativo ajuda extrativistas a gerenciar produção de castanha

O aplicativo procura empoderar as famílias extrativistas, levando a informação precisa de quanto custou coletar determinado volume de castanha

Aplicativo ajuda extrativistas a gerenciar produção de castanha
Foto: divulgação

O Coletivo Semear Castanha lançou um aplicativo voltado para ajudar a quem vive da coleta de castanha a gerenciar os custos de produção e calcular o preço de venda do produto durante a safra. O App Castanhadora é gratuito e pode ser baixado no Google Play.

O aplicativo Castanhadora procura empoderar as famílias extrativistas, levando a informação precisa de quanto custou coletar determinado volume de castanha do interior da floresta. É uma ferramenta simples que acompanha o extrativista durante o ciclo e dá as dicas quando a família está comprando, trabalhando ou vendendo, impedindo que haja prejuízo na hora de vender.

“A Castanhadora pra nós foi uma ferramenta muito importante, tivemos um norte na produção da castanha. Foi aonde a gente viu a quantidade que a gente produzia para ver se tava devendo o não. O acompanhamento no aplicativo dá pra saber quantas latas ou barricas faltam produzir pra obter o saldo que precisamos”, diz Paulo Silva da Costa, de Guajará-Mirim/ RO (RESEX Rio Ouro Preto), que trabalha com sua família e gera em torno de 200 latas por safra.

O App Castanhadora foi selecionado para o programa de inovação do PNUD no Amazonas e no Piauí. Os recursos serão utilizados na ampliação, aprimoramento e continuidade do aplicativo, contribuindo para a promoção do desenvolvimento sustentável na região.

Projeto

O Semear Castanha reúne, além dos castanheiros, organizações de apoio técnico, associações comunitárias, movimento social, pesquisadores e órgãos do estado. O nome do aplicativo – Castanhadora – vem da sua funcionalidade: auxiliar extrativistas do norte do Brasil a calcular o valor de sua produção de castanha-do-Brasil.

 

(*) Com informações da assessoria

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias