Governo anuncia investimentos de R$17 mi para o setor primário

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

29 de setembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Governo anuncia investimentos de R$17 mi para o setor primário

Em evento realizado na sede da Sepror, o governador entregou implementos e insumos que beneficiarão produtores rurais da capital e do interior

Governo anuncia investimentos de R$17 mi para o setor primário
(Foto: Márcio Silva)

O governador Wilson Lima (PSC), anunciou nesta sexta-feira, 17, um investimento de aproximadamente R$17 milhões em diversas áreas do setor primário, um  contrato firmado com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o lançamento de um edital para seleção de projetos do setor. 

Em evento realizado na sede da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), o governador entregou implementos e insumos que irão beneficiar produtores rurais da capital e do interior. 

Segundo o governador, os investimentos surgem como uma alternativa para economia em meio as ameaças à Zona Franca de Manaus, após a redução da alíquota o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) do setor de concentrados. 

“Estamos agora fazendo um apelo ao presidente da república para que reveja a decisão que deve ser tomada com relação ao o IPI, e paralelo a essa luta estamos trabalhando para fortalecer algumas matrizes econômicas, é o caso do setor primário”, disse Wilson Lima.

Entre as ações realizadas, está a distribuição de 46 toneladas de ração para 42 piscicultores, no valor de R$405.621,25. Além disso, foram entregues quatro caminhões frigoríficos totalizando R$ 904.000,00, destes três serão destinados ao projeto ‘Peixe no Prato’, um ao Projeto de Prevenção ao Desperdício de Alimentos. 

( Foto: Márcio Silva)

Também foram assinados termos de doação de 35 kits de casas de farinha no valor de R$266.408,00, beneficiando 12 associações, além de Termos de Cessão de Uso de 24 freezers, sendo 12 para prefeitura de Benjamim Constant e 12 para prefeitura de Tabatinga, no valor de R$ 44. 304,00. 

O governador ressaltou ainda um convênio firmado com o Ministério da Agricultura para que os municípios do sul do Amazonas recebam a vacinação contra a febre aftosa. 

“Esse é um sonho dos pecuaristas daquela região,  isso faz com que os nossos produtores estejam competindo em pé de igualdade com outros estados da federação como Mato Grosso, São Paulo. O nosso pecuarista pode vender sua carne para qualquer lugar do mundo, principalmente para os principais lugares, que são a China e a Europa”, disse.

Escoamento da produção

Também foram anunciadas medidas para a melhoria do escoamento da produção. Segundo o presidente da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), Flávio Antony Filho, será fortalecida a parceria com o Exército, para que produtos sejam transportados em balsas, além do asfaltamento de estradas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra). 

“Já temos todos os municípios mapeados, o que produz, quanto produz e onde fica, não só no interior mas como no entorno da região metropolitana também. Já está na mesa do governador para que ele aponte quais os municípios vamos começar o trabalho juntamente com a Seinfra”, explicou. 

Concursos ADAF e IDAM 

O governador voltou a afirmar que pretende chamar os técnicos aprovados em concurso do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (IDAM) e da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), medida que deve ser tomada após ser feita auditoria das contas públicas e o recadastramento dos servidores do Estado.

“Há anos temos um déficit no setor primário de técnicos. O técnico no interior representa crédito rural, assistência técnica, maior produção”, disse o secretário da Sepror, Petrucio Júnior. 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading