No Amazonas, a abertura de uma empresa demora menos de 45 horas - Amazonas1

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

7 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

No Amazonas, a abertura de uma empresa demora menos de 45 horas

Junta Comercial do Amazonas é a sétima mais rápida do Brasil no processo de abertura de empresas

No Amazonas, a abertura de uma empresa demora menos de 45 horas
Foto: Reprodução

A abertura de empresas na Junta Comercial do Estado do Amazonas (Jucea) é a sétima mais rápida do Brasil, com o tempo de um dia e 21 horas, segundo dados do Departamento Nacional de Registro Empresarial e Integração (Drei), que compõe o Ministério da Economia, divulgados no último dia 10 de julho. De acordo com o Relatório Quadrimestral, referente ao período de janeiro a abril de 2020,  a Jucea ocupava a 12ª colocação no ranking. O relatório, no entanto, não leva em consideração as constituições de empresas realizadas pelo Registro Automático.

Leia mais: Banco do Brasil abrirá linha de crédito de R$ 3,7 bilhões para micro e pequenas empresas

O Departamento Nacional analisa, no tempo de abertura de empresas, as etapas da viabilidade (para fins de consulta prévia de endereço e nome empresarial), as validações cadastrais nas administrações tributárias e a análise do órgão de registro empresarial. Assim, o indicador não se restringe à atuação das Juntas Comerciais no processo, considerando também a interação com os demais órgãos envolvidos na abertura de empresas.

De acordo com a presidente da Jucea, Maria de Jesus Lins, a partir do relatório será possível verificar quais medidas precisarão ser tomadas para que a autarquia amazonense melhore o tempo de espera do cidadão para obter o Registro Empresarial.

“Seguimos trabalhando para oferecer o melhor para nossa sociedade. Saímos da 12ª colocação para a sétima, uma recuperação de cinco posições, mas sabemos que ainda há muito a ser feito. Nossa meta é ficarmos entre as cinco juntas comerciais mais rápidas do Brasil, porque entendemos  a importância de verificar a efetividade das medidas em prol da simplificação da abertura de empresas no nosso estado, e consequentemente, colaborar para o ambiente de negócios no Amazonas”, afirmou Maria de Jesus Lins.

Para a elaboração do relatório, o Drei analisa o tempo de abertura de empresas dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal.

*Com informações da assessoria

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading