US - R$ 4,12

×

Anitta é acusada de apropriação cultural e rebate com fotos da infância

"Negra legítima, Wakanda está em festa".

FOTO: REPRODUÇÃO

A cantora Anitta se envolveu em mais uma polêmica. Na noite desta quarta-feira, a funkeira desabafou nas redes sociais após ser acusada de apropriação cultural no clipe “Muito calor”, com o porto-riquenho Ozuna, que teve o teaser divulgado ontem (10).

No vídeo, a cantora usa os cabelos crespos e dança na laje de uma comunidade. Em outros trechos do clipe, sem a presença da artista, também são mostradas ruas e imagens aéreas da favela. As similaridades com trabalhos anteriores da funkeira, como “Vai malandra” e “Onda diferente”, que também geraram acusações de apropriação cultural, foram apontadas nos comentários.

“Por que todo clipe com Anitta tem que ser em favela? É só essa visão que os gringos tem o Brasil?”, questionou uma internauta, enquanto outro ironizou: “Negra legítima, Wakanda está em festa”.

“Está igual ao outro clipe que ela fez”, escreveu uma usuária do Instagram. Já outra a comparou com a cantora Halsey, também alvo de críticas por apropriação: “Halsey, amiga, corre que a gente tem visita”.

Diante dos ataques, Anitta fez um longo desabafo na mesma publicação:

“Meu Deus! Que loucura! 1 – “Onda diferente” é um hit. O clipe foi gravado em Los Angeles. Cantado em português. Tem feat brasileiro e feat gringo importantíssimo. Estão começando a ouvir fora do Brasil mesmo sendo em português. 2 – O único videoclipe MEU gravado em uma favela se chama “Vai Malandra”. Os demais são clipes onde eu fui CONVIDADA como feat, assim como esse. 3 – O clipe mostra diversos pontos do Rio de Janeiro que o diretor gostou. Dentre eles: escadas da Lapa, Pão de Açúcar, Cristo, praias e etc… 4 – Quando eu era criança meu cabelo era mais enrolado que nesse do vídeo. Eu que meti produto na adolescência e ele mudou para sempre. 5 – Vocês nunca estão satisfeitos”

Nos stories de sua conta no Instagram, a funkeira ainda compartilhou três fotos da infância, quando ainda usava os cabelos crespos.

 

 

 

*Informações retiradas do Extra

Faça um comentário