Após foto amarrada, Geisy diz que perdeu 7 mil seguidores no Instagram

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

2 de julho de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Após foto amarrada, Geisy diz que perdeu 7 mil seguidores no Instagram

"Incrível como o desconhecido assusta e causa tanta ignorância", desabafou a apresentadora em publicação no Twitter

Após foto amarrada, Geisy diz que perdeu 7 mil seguidores no Instagram

Geisy Arruda usou o Twitter para reclamar da perda de seguidores no Instagram depois de publicar uma foto. Na imagem em questão, ela aparece amarrada com cordas. A técnica fetichista japonesa se chama shibari.

“Perdi mais de 7 mil seguidores no Instagram com as fotos do Shibari. Incrível como o desconhecido assusta e causa tanta ignorância”, desabafou a apresentadora. Ela tem 1,5 milhão de seguidores na rede social de fotos.

Um homem comentou no post de Geisy e afirmou não ter gostado da imagem: “Shibari parece o tempo da escravidão, não tem nada de sexy”. A apresentadora não gostou do comentário e respondeu: “Admiração por pés, gostar de apanhar, de ver sua mulher transando com outro na sua frente. Não é porque você não é adepto que isso ‘não tem nada de sexy’. Tem quem goste, e muito”.

Shibari

Geisy revelou, em vídeo no YouTube, como foi a experiência com o shibari. De acordo com a apresentadora, a situação aconteceu duas vezes. Na primeira tentativa ela foi amarrada com roupa, mas não se sentiu bem. “Eu senti muito medo e fiquei muito ansiosa. Senti falta de ar, o que é normal, por estar sendo amarrada e pelo medo. Senti angústia e falta de ar, mas depois fui superando”, revelou.

 

(*) Com informações do Metrópoles 

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias