Ex-BBBs que deixaram o anonimato e ganharam carreiras de sucesso após programa - Amazonas1
24 de fevereiro de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  31oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Ex-BBBs que deixaram o anonimato e ganharam carreiras de sucesso após programa

Ex-participantes fizeram sucesso dentro da casa que, mesmo não tendo vencido o programa, são mais lembrados do que vencedores

Ex-BBBs que deixaram o anonimato e ganharam carreiras de sucesso após programa
Foto: Reprodução/Instagram

Nem sempre vencer o Big Brother Brasil é o melhor prêmio que se pode tirar do reality show da Globo. Muitos ex-participantes fizeram tanto sucesso dentro da casa que, mesmo não tendo vencido o programa, são hoje mais lembrados do que os próprios vencedores de suas edições.

Tradicionalmente formado por um elenco de anônimos, com exceção da 20ª temporada, que recebeu convidados do mundo dos holofotes, o BBB foi responsável por mostrar ao mundo personalidades como Sabrina Sato, 39, Juliana Alves, 38, e Grazi Massafera, 38, que estão atualmente no ramo televisivo.

Leia mais: Campeã do BBB, Thelma Assis, está em Manaus atuando no combate à covid-19

Da edição mais recente do BBB, a vencedora Thelma Assis, 36, passou a participar de um quadro no É De Casa (Globo) e conquistou seu próprio programa, o Triangulando, para o YouTube. Participantes que entraram na casa já com alguma fama também conseguiram alcançar ainda mais suas carreiras. Foi o caso do ator Babu Santana, 41, a influenciadora Rafa Kalimann, 27, e as cantoras Gabi Martins, 24, e Manu Gavassi, 28.

Essa última entrou no reality com 4,5 milhões de seguidores no Instagram, e tem hoje quase 16 milhões. Com isso, ela se tornou a segunda da edição com maior número de seguidores, atrás apenas de Rafa Kalimann (que cresceu de 3,1 milhões para quase 20 milhões), e seguida de Boca Rosa (de 8,4 milhões para 13,7 milhões de seguidores) e Mari Gonzalez (de 3,4 milhões a 10,5 milhões de seguidores).

OUTROS EX-BBBs DE SUCESSO

Jean Wyllys, vencedor da mesma edição de Massafera, também se tornou uma figura pública bastante comentada no ramo da política. Filiado ao PSOL, o ex-brother foi deputado federal pelo Rio de Janeiro (2011-2018) e se envolveu em polêmicas com partidos considerados de direita -como principal exemplo do atual presidente Jair Bolsonaro.

Para além dele, Hana Khalil (BBB 19) tornou-se participante do De Férias com o Ex (MTV); Munik Nunes (BBB 16), do Power Couple 2018 (Record), e o sírio Kaysar Dadour deixou o BBB 18 para atuar em “Órfãos da Terra” (Globo, 2019).

Da primeira edição do programa, Cristiane Dantas (a Xaiane) tornou-se atleta de artes marciais, e Vanessa Pascale chegou a participar de novelas da Globo como “Totalmente Demais” (2015), “Malhação” (2018) e “Salve-se Quem Puder” (2020).

Com o crescimento das redes sociais, muito ex-BBBs só conseguiram manter a popularidade por conta da internet. Mayra Cardi (BBB 7) viu as redes como um meio de fazer ainda mais dinheiro, sendo considerada hoje influenciadora digital, com 6 milhões de seguidores no Instagram e canais ativos no YouTube, além de investimentos empresariais.

Casada com o ator e cantor Arthur Aguiar, ela é dona da empresa “Seca Você”, que tem como clientes Anitta, Lexa, Thaeme, entre outras artistas. Fora isso, também é analista comportamental.

Kleber Bambam é outro exemplo, pois se tornou modelo e influenciador fitness no Instagram. Além dele, há o casal Adriana Sant’Anna e Rodrigão, que apostou em palestras de autoajuda. “Nunca Foi Sorte”, best-seller escrito pela profissional de odontologia, fez sucesso entre os seus seguidores. Rodrigão, por sua vez, após tentar carreira como músico, se tornou coach de finanças. Os dois participam de eventos por todo Brasil, têm redes sociais movimentadas, e criam juntos dois filhos.

Por outro lado, o jornalismo de entretenimento foi a escolha de muitos ex-BBBs. Iris Stefanelli (BBB 7), Fernanda Keulla (BBB 13), Vivian Amorim (BBB 17) e Ana Clara Lima (BBB 18) arriscaram na carreira de repórteres e foram bem-sucedidas.

 

(*) Com informações da Folhapress 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading