'Jacaré' deixa a vida de dançarino e vira policial no Canadá

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

11 de agosto de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

redacao@amazonas1.com.br

‘Jacaré’ deixa a vida de dançarino e vira policial no Canadá

Edson Cardoso conhecido como jacaré do famoso grupo é o tchan, reapareceu nas redes sociais com um post pra lá de surpreendente

‘Jacaré’ deixa a vida de dançarino e vira policial no Canadá
Reprodução Internet

Morando no Canadá com a família desde 2016, em busca do sonho de um futuro melhor, Edson Cardoso, conhecido como Jacaré do grupo é o Tchan, reapareceu nas redes sociais nesta sexta-feira, 6. Em um clique compartilhado por sua esposa, Gabriela Mesquita, o ex-dançarino surge uniformizado como policial nas ruas do país estrangeiro durante seu novo trabalho na área da segurança.

“Um cara que estou pegando”, escreveu ela ao legendar a publicação em seu perfil no Instagram. Edson Cardoso começou a trabalhar em uma agência de intercâmbio quando chegou no Canadá, a fim de ajudar outros brasileiros a chegarem até lá e conseguirem novas oportunidades. Já Gabriela se formou, no mesmo país, em Gestão Financeira, feito comemorado por ela em sua conta nas redes sociais.

“Não foi fácil, não foi barato, pensei que não iria conseguir no tempo mínimo, pensei que não aguentaria superar as dificuldades. Mas o mais importante, não desisti! Hoje foi a cerimônia de graduação e um filme me veio na cabeça. Ainda não é fácil, mas sigo sonhando e lutando todos os dias. Se eu puder dar algum conselho; não escute de ninguém que você não é capaz, você é! Sonhe alto, tenha foco, força e fé que o seu sonho se tornará realidade”, escreveu na época. Jacaré e Gabriela são pais de duas crianças, com quem moram no Canadá, de 6 e 3 anos.

(Reprodução/Instagram/@gabimesq)

(*) Com informações do UOL Famosos

 

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading