US - R$ 4,11

×

Conheça o pirulito que emagrece e é sucesso entre famosas

Kim Kardashian a principal embaixadora do "docinho mágico".

Foto: Reprodução/Instagram

A novidade do pirulito que emagrece está dando o que falar e já ganhou adeptas no Brasil, como as cantoras Anitta e Ludmilla. Nos EUA, é Kim Kardashian a principal embaixadora do “docinho mágico”. Para matar a curiosidade, conversamos com Marcalo Zacarkim, especialista em nutrição esportiva da Clínica MAIS, ganhador do prêmio performance em excelência pela Escola de Medicina de Harvard e responsável por desenvolver o produto no Brasil.

Marcelo já inicia a conversa esclarecendo que os pirulitos, por si só, não fazem milagre. “Não é remédio ou fórmula mágica. Não distribuímos doces em nossa clínica. O pirulito funciona como um suplemento alimentar. São proteínas com ativos completamente naturais que induzem a saciedade no cérebro. Quando aliado à dieta, o paciente acaba perdendo peso”, explica.

O especialista conta que a ideia de criar o produto aconteceu ao perceber que muitos dos padrões alimentares ligados à obesidade estavam relacionados com a ansiedade. “Só o fato de estar com a boca ocupada auxilia. O pirulito dura quase meia hora. A absorção se dá completamente nas papilas gustativas, e o efeito é mais rápido.”

De acordo com Zacarkim, o pirulito usado por Kim Kardashian nos Estados Unidos não é o mesmo que o da cantora Anitta. “Kardashian usa o pirulito com açúcar, adoçante xilitol, e outros ativos que não são necessariamente naturais.”

Veja, abaixo, os ativos encontrados no doce, de acordo com o médico.

Antocianidinas: ativos encontrados no repolho roxo, amora, beterraba e outros.

Colecistocinina (CCK): vem das batatas do tipo Russet. É um sinalizador natural liberado pelo intestino em resposta a comida. Uma vez lançado, O CCK atua em vários órgãos-alvo, resultando em sinais para o cérebro, onde induz sentimentos de plenitude e saciedade.

Inibidor de Proteinase II: atua promovendo e ampliando a liberação natural de colecistocinina (CCK) do organismo, um peptídeo que sinaliza órgãos-chave, incluindo o estômago e o cérebro, para induzir sentimentos de saciedade.

A nutricionista Thaynara Batista explica como os ativos funcionam no organismo: “O extrato da batata Russet estimula a produção do CCK( colecistoquinina) um hormônio produzido pelo corpo humano que diminui o esvaziamento gástrico e, consequentemente, o apetite”. Segundo ela, a novidade tem um potencial de emagrecimento, mas alerta que o formato de guloseima pode dificultar o controle de consumo.

Zacarkim afirma que o consumo do pirulito como forma de ajudar na dieta é totalmente seguro, mas contra indicado para grávidas, crianças e lactantes, porque ainda não foram testados nesse grupo.

*Informações retiradas do R7

Faça um comentário