Crivella debate com 14 clubes e Ferj o reinício do Campeonato Carioca

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

4 de julho de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Crivella debate com 14 clubes e Ferj o reinício do Campeonato Carioca

Na reunião, o prefeito revelou que o Comitê Científico classificou como irrepreensível o Protocolo Jogo Seguro de retorno aos treinamentos, produzido pela Ferj e médicos.

Crivella debate com 14 clubes e Ferj o reinício do Campeonato Carioca
(Foto: Divulgação)

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, e o presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), Rubens Lopes, se reuniram na tarde deste domingo, 24, com representantes de 14 dos 16 clubes que integram o Campeonato Estadual, entre eles, Vasco e Flamengo.

O objetivo do encontro era discutir a retomada do torneio a partir de 14 de junho.

Vale destacar que Botafogo e Fluminense, contrários à volta imediata dos jogos, não enviaram representantes à reunião.

Algumas atividades físicas foram liberadas a partir desta terça-feira, 26.

Em nota oficial, a Ferj afirmou que diante da “previsão de volta do futebol possivelmente para meados de junho, mas sem público, os clubes devem progredir, passo a passo, com fase de avaliação clínica, testes físicos, exercícios de reabilitação dos efeitos da inatividade muscular e atividades de recuperação da capacidade laborativa”.

Contrários

Ausentes ao encontro, Fluminense e Botafogo se posicionaram por meio de notas oficiais.

O Tricolor afirmou que não foi convidado a participar da reunião.

“Nosso entendimento é de que jogos sem público não impedem aglomerações (…). O futebol, por movimentar paixões, deve estar ciente de seu compromisso social e não alimentar ansiedades”.

Já o presidente do Botafogo, Nelson Mufarrej, reiterou, em nota oficial, sua preocupação com o reinício do Estadual.

“Reafirmamos não ser o momento para voltar a ter treinos presenciais. O futebol é um instrumento de altíssimo impacto e repercussão social. Passar essa imagem de retorno imediato, no auge da crise, de mortes, com a curva ainda em ascensão, é estar em desconexão com a realidade. Além de desumana é insensível do ponto de vista interno, com nossos atletas, comissão técnica, funcionários e seus familiares. Vai chegar a hora de voltarmos, mas não será agora”.

Na reunião, o prefeito revelou que o Comitê Científico classificou como irrepreensível o Protocolo Jogo Seguro de retorno aos treinamentos, produzido pela Ferj  e médicos.

O encontro contou com a participação de dirigentes do America, Americano, Bangu, Boavista, Cabofriense, Madureira, Portuguesa, Macaé, Nova Iguaçu, Flamengo, Vasco, Volta Redonda, Friburguense e Resende.

Ao final do encontro, ficou combinado que novas reuniões deverão ocorrer para troca de informações, reavaliação e ajustes de diretrizes.

 

(*) Com informações da Agência Brasil

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias