MENU
logo-amazonasum

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Homem é morto durante confronto com a PM no bairro da União

Confronto entre os homens e a PM aconteceu no beco Greenville, no bairro da União; um deles acabou sendo alvejado e morreu no hospital
Lucas Rodrigues – Portal AM1
• Publicado em 08 de junho de 2021 – 18:30
confronto
Foto: Divulgação

MANAUS, AM – Um homem ainda não identificado foi morto durante confronto com a Força Tática da Polícia Militar do Amazonas nesta terça-feira (8). O caso aconteceu no beco Greenville, no bairro da União, Zona Centro-Sul de Manaus. O local é conhecido por ser um ponto de tráfico de drogas controlado por uma facção criminosa.

A Polícia chegou ao local após uma denúncia de que vários homens estavam com arma em mãos no beco Greenville. A Força Tática foi acionada, e ao chegar ao local, os homens trocaram tiros com a Polícia. Durante o confronto, um dos homens foi alvejado. Os demais, entretanto, fugiram.

Leia mais: Mais um suspeito de participar nos ataques é preso em Manaus

O alvejado foi socorrido pelos policiais e levado para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul. No entanto, ele não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde. Segundo informações da Força Tática, ele não apresentava qualquer identificação, muito menos tornozeleira eletrônica.

Com os homens, a Força Tática apreendeu uma escopeta calibre 12. A arma foi levada para a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que também vai investigar o caso. Já o corpo do rapaz alvejado e morto no hospital foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), onde passará pelos exames de necropsia.

Histórico

A troca de tiros entre a Polícia e os homens nesta terça-feira acontece logo após uma onda de ataques à cidade de Manaus, que ocorreu na madrugada de sábado (5) para domingo (6). Os ataques foram promovidos por uma facção criminosa, em retaliação à morte do traficante “Dadinho”.

Como represália, membros da facção incendiaram veículos, ônibus, agências bancárias e outros logradouros públicos em diversas zonas da capital. Até mesmo o 24° Distrito Integrado de Polícia (DIP), no Centro de Manaus, foi alvo da ação dos criminosos.

Três homens foram detidos pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) até esta terça-feira. Segundo a SSP, eles seriam conselheiros e mentores da facção criminosa. Além disso, o trio teria atuado como mandante e mentor intelectual dos ataques à capital.

confronto

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap