'A curva de casos só vai começar a decrescer em 80 dias', diz secretário
A + A -

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

28 de maio de 2020
Site auditado pelo

Redes Sociais

[email protected]

‘A curva de casos só vai começar a decrescer em 80 dias’, diz secretário

Marcelo Magaldi comentou o tema na Tribuna Popular virtual da Câmara Municipal que tratou sobre ações de combate ao coronavírus.

‘A curva de casos só vai começar a decrescer em 80 dias’, diz secretário

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, participou na manhã desta quarta-feira, 1° de abril, da Tribuna Popular virtual da Câmara Municipal de Manaus (CMM) para tratar sobre ações de combate e prevenção ao novo coronavírus na capital amazonense.

Entre a ações da Semsa e da prefeitura está a criação de um hotsite no qual está disponibilizada informações oficiais sobre o novo coronavírus e  um chat por meio do qual o usuário pode fazer contato com uma equipe multidisciplinar treinada para esclarecer as dúvidas da população.

O primeiro caso confirmado de Covid-19 em Manaus foi notificado há 21 dias, o secretário afirmou que dentro de 45 dias haverá o crescimento da curva de casos, e somente em 80 dias terá a descida da curva.

“É cedo ainda para falar sobre a volta das aulas, podemos chegar entre 5 a 10 mil casos, vamos esperar um pouco mais para confirmar essa expectativa , todo dia vemos a projeção e analisamos com os  casos confirmados, segundo estudos dentro de 45 dias para as taxas crescentes e estabilizar em 80 dias, abril e maio serão difíceis, esperamos alguma melhora em junho, dois meses duros, esperamos que as pessoas mantenham o isolamento social para minimizar o contágio”, disse Magaldi.

A secretaria tem em estoque os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), mas já está em contato com os fornecedores para o restabelecimento dos produtos, em Manaus já há fábrica local para a produção de máscara cirúrgicas e de produção de álcool em gel.

Está previsto para dia 10 de abril a chegada de 25 mil testes rápidos, que custaram R$ 78 cada, o secretário informou que a determinação do Ministério da Saúde é que todos os casos confirmados nos testes rápidos deverão ir para a contraprova do Laboratório Central (Lacen).

“O Ministério da Saúde determina que todos os casos confirmados têm que realizar a contraprova, mas esses casos já irão se isolar e guardar o resultado”, disse Magaldi.

UBS

Em Manaus, são 14 unidades básicas de saúde que estão atendendo à população, pessoas com sintoma gripal estão sendo atendidas e se necessário encaminhadas para o Hospital Delfina Azzis.

“A pessoa que chegar com um sintoma gripal, coloca imediatamente a máscara, vai para a sala rosa, que é a sala de isolamento, o médico avalia, prescreve o medicamento e se precisar é encaminhado para o hospital de referência do estado para o atendimento do coronavírus”, indagou o secretário.

Uma das preocupações do secretário é a reposição dos médicos que estão em licença médica, o Ministério Público confirmou o envio de  74 médicos do programa Mais Médicos para a cidade de Manaus, além do processo seletivo para a contratação de servidores.

Vacinação contra a Influenza

Mais de 70 mil pessoas de 60 anos ou mais  já foram vacinadas contra a Influenza, equivalente a mais de 60% do total de idosos, 50 mil foram vacinados em casa e mais de 20 mil nos drive-thru.

“Nosso trabalho de vacinação vai prosseguir, dentro das estratégias adotadas para resguardar a saúde dessa parcela da população. Pedimos que os idosos não se preocupem e, principalmente, que fiquem em suas casas”, apelou Magaldi.

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias