US - R$ 3,91

×

Acuado, Amazonino assina promoções de policiais militares


Acuado por uma onda de protestos e paralisações de servidores públicos, o governador Amazonino Mendes (PDT) assinou, nesta terça-feira, 2.096 promoções de policiais militares (PMs). Outra reivindicação, o pagamento da data-base deve ser pago até abril. A movimentação do governador ocorreu menos de um dia após os PMs paralisarem os trânsito na Avenida Torquato Tapajós.

Em fevereiro deste ano, Amazonino Mendes promoveu 1.191 policiais, entre praças e oficiais, mas sem atender às principais demandas dos policiais, que fizeram protestos em frente à sede do governo e, depois de ameaçar paralisar, chegaram a se reunir com o governador.

Leia também

Paralisações estouram e Amazonino vê sua gestão se tornar um fiasco

Ontem, os PMs decidiram parar no dia 15, segundo informações da Associação de Praças do Estado do Amazonas (Apeam), em protesto pelo cumprimento ds promoções autorizadas pela Lei 4044, das promoções especiais.

O governador foi às redes sociais anunciar as promoções, na mesma hora em que as associações de Praças, de Cabos e Soldados e de Sargentos estavam reunidas para explicar os próximos passos da categoria.

Confira o vídeo de Amazonino

Faça um comentário