Campanha 'Dezembro Vermelho' intensifica o combate ao HIV

US - R$ 4,18

×

Campanha ‘Dezembro Vermelho’ intensifica o combate ao HIV

Panfletagens, testes de exames rápidos e orientações sobre prevenção da doença foram disponibilizado para o público

Campanha teve a abertura oficial nesta quarta-feira, 4, pela Prefeitura de Manaus (Foto: Márcio Silva/Amazonas1)

De janeiro a outubro deste ano, Manaus registrou 1.017 novos casos de HIV em adultos residentes na cidade, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). O número é um pouco menor que o registrado em 2018, no mesmo período, que foi de 1.545 novos pacientes com o vírus, segundo dados da coordenação estadual de IST/AIDS e Hepatites Virais, da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD).

Como forma de reflexão e luta por conta do Dia Mundial de Combate ao HIV, que acontece anualmente no dia 1º de dezembro, a Prefeitura de Manaus lançou na tarde desta quarta-feira, 4, a campanha “Dezembro Vermelho”, com panfletagens, testes de exames rápidos e orientações sobre prevenção da doença. O evento é uma inciativa da Semsa em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) e aconteceu no Largo de São Sebastião, Centro da cidade.

“São dados que preocupam, mas nós estamos aqui hoje exatamente para chamar a atenção da sociedade, pensando em medidas para prevenir o vírus  HIV. Nos últimos anos a gente tem tido algumas ações de avanços no sentido de prevenção e tradamento adequado, Manaus já tem quatro unidades especializada que já fazem o tratamento, descentralizado do Hospital Tropical”, informou o Secretário Municipal de Saúde Marcelo Magalde.

Durante a programação, foram ofertados testes rápidos para diagnóstico do HIV, Sífilis e Hepatites B e C, panfletagem de informativos sobre HIV, orientações sobre prevenção, disponibilização de preservativos e gel lubrificante, além da distribuição de auto testes para todas as pessoas que acompanharam a campanha e passaram pelo evento. 

A coordenadora municipal do IST/AIDS e Hepatites Virais, Rita de Cássia informou a importância da campanha para a sociedade. “É preciso que a informação qualificada chegue e as unidades de saúde estão trabalhando para exames de diagnósticos para toda população da cidade, inclusive  temos equipe que estão atuando em locais de difícil acesso para a realização do teste, e esse momento é bom para que a população busque a melhoria para si mesmo”.

As ações de combate ao HIV serão intensificadas em todas as unidades de saúde durante a campanha, com foco na população jovem na faixa etária de maior incidência da infecção sexualmente transmissível. Representando o prefeito Arthur Neto (PSDB) na solenidade a secretária municipal da Mulher, Assistência Social e cidadania (Semasc), Conceição Sampaio também falou sobre a importância da prevenção. 

“É tão triste quando a gente percebe que o preconceito é mais enraizado que os princípios né?! Temos que combater primeiro o preconceito e demonstra o quão é importante lutar pelo tratamento, prevenção e a busca para o conhecimento do vírus”, disse Conceição.

Faça um comentário